Inovação

O homem daltônico que usa um dispositivo inovador na cabeça para “ouvir” as cores

por: Redação Hypeness

O britânico Neil Harbisson nasceu com um tipo de acromatopsia que deixa a pessoa completamente daltônica, sintoma que ocorre em uma a cada 30 mil pessoas. Para conseguir captar as cores ele possui uma espécie de antena implantada na parte de trás de sua cabeça, que sinaliza as cores através do som.

No curta-metragem Hearing Colors (Ouvindo cores), dirigido por Greg Brunkalla, Harbisson nos convida a uma experiência semelhante com a que ele vive diariamente em Nova York: uma rotina visualmente em preto e branco onde a percepção das demais cores se dá por sinais sonoros distintos. Ele se auto denomina um ciborgue, ser dotado de composições orgânicas e cibernéticas.

Harbisson considera o dispositivo parte de seu próprio corpo e alega: “Eu não sinto que estou usando tecnologia. Eu não sinto que estou vestindo tecnologia. Eu sinto que sou a tecnologia. Eu não sinto a diferença entre o software e meu cérebro. O software é parte da minha mente e a antena é parte de meu corpo”.

Através desta tecnologia, Harbisson explica que pode relacionar os sons aos objetos. Assista abaixo o vídeo sobre esta história, que poderia ser apenas mais um roteiro de ficção científica, se não fosse pura realidade. O curta-metragem integra o projeto The Connected Series, que explora a vida dos seres humanos e suas conexões com a tecnologia e a inovação.

 daltonico1

daltonico2

daltonico3

daltonico4

daltonico5

daltonico6

daltonico7

daltonico8

daltonico9

daltonico10

Todas as imagens via Vimeo

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Sacos de geomembrana retém mais água que vasos e são ótimos para pequenos espaços