Sustentabilidade

Polvo é visto em canal de Veneza limpo com isolamento social

por: Yuri Ferreira

Uma das consequências do isolamento social que está sendo observado ao redor do mundo é a redução da poluição. Na Itália, país que foi epicentro da pandemia de coronavírus, os efeitos foram fartamente sentidos. Em especial, na cidade de Veneza, conhecida pelos seus canais aquáticos, geralmente poluídos pelo trânsito das embarcações. Com a redução do turismo e do tráfego graças à quarentena, as águas finalmente ficaram cristalinas, revelando a fauna aquática por baixo de um dos mais famosos destinos turísticos do planeta.

No meio da água que antes parecia morta, um morador da cidade flagrou um polvo! As filmagens mostram a via limpa e o animal se mexendo por dentro do canal, exibindo uma realidade que há muito tempo não se via no município italiano.

– Canais de Veneza estão com águas cristalinas por ausência de turistas

Polvo foi flagrado nos canais de Veneza durante o coronavírus

“É muito estranho que um polvo esteja nesse ambiente tão longe do mar e tão dentro do interior do país. Nada pode ser descartado nessa situações, mesmo se for uma piada. O vídeo mostra que o animal está plenamente saudável e que ele não está com medo”, disse Luca Mizzan, diretor do Museu de História Natural da cidade a um jornal loca.

“A flora e a fauna dos canais não mudou durante o isolamento social. O que mudou é a chance de podermos vê-la”, disse a zoóloga Andrea Mangoni ao Mail Online.

– Coronavírus: imagens de satélite mostram queda na poluição com indústrias paradas China

Além do polvo, nessa semana também foi avistada uma água viva no meio dos canais. Confira as imagens:

Redução da poluição global

Em São Paulo, na Itália e em Wuhan foram observadas drásticas reduções no nível de NO2, que indica a quantidade de emissão de gases poluentes em curto prazo. Com o menor quantidade de atividade comercial e industrial, a produção foi reduzida e os níveis de poluentes atmosféricos foram reduzidos durante a quarentena causada pelo coronavírus.

– Coronavírus: imagens mostram mudanças impressionantes no céu da Itália

A poluição na Itália durante a quarentena foi bastante reduzida, mostram observatórios internacionais

A esperança é que os índices demonstrem alguma lição para as nações. Além do fato de populações que vivem em regiões mais afetadas pela poluição atmosférica tem maior chance de desenvolver a forma mais grave da Sars-Cov-2, conforme estudo de Harvard, os níveis também apontam para a dificuldade do nosso modelo de produção se tornar mais sustentável.

“Se alguns poluentes continuarem diminuindo em São Paulo, podemos chegar próximo aos níveis de qualidade do ar recomendados pela Organização Mundial de Saúde [OMS], o que mostra o tamanho do desafio que é atender ao padrão da OMS”, avalia o diretor-executivo do Instituto de Energia e Meio Ambiente (Iema), André Luís Ferreira, à Folha de São Paulo.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Youtube


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Guia Alimentar: “Ultraprocessados são a ‘terra plana’ do Ministério da Agricultura”, diz especialista