Arte

Sandy e Junior unem o Brasil na melhor live do fim de semana prolongado

por: Karol Gomes

“A gente não imaginou que teríamos essa oportunidade de cantar juntos de novo. A turnê foi no ano passado. Encerrou. Isso aqui só está acontecendo porque é uma causa muito nobre”, relatou Sandy durante a apresentação ao vivo que fez ao lado do irmão, Junior, na noite de terça-feira (22).

Depois de viajarem por todo o Brasil – além de Estados Unidos e Portugal – com a mega turnê “Nossa História”, que comemorou os 30 anos de carreira, eles escolheram um cenário simples, com pouca produção, para cantarem juntos novamente. Dessa vez, a motivação é reunir doações para combater a pandemia de coronavírus, em meio a paralisação que o Brasil enfrenta.

– Sandy & Junior encerra 2019 com a 2ª turnê mais lucrativa do mundo

Os irmãos cantaram vários sucessos, como “Imortal”, “Não dá para não pensar” e “Olha o que o amor me faz”. Isso sem contar com muitas músicas consideradas “lado B” que, mesmo improvisadas, fizeram a alegria dos fãs. Em apenas 20 minutos, a transmissão já contabilizava a participação de 1,7 milhão de internautas.

Diferentemente de outros artistas, que montaram uma superprodução para transmissões realizadas via internet, Sandy e Junior contaram com uma live simples, sem estrutura e totalmente improvisada. Junior disse que eles fizeram essa opção por questão de segurança, a fim de manter toda uma equipe necessária, em casa.

– Voltamos aos anos 90? CD de Sandy e Junior é vendido por quase R$ 1 mil

Para fazer este show acontecer, eles com a ajuda da família: Lucas Lima, marido de Sandy, fez o papel de “banda”, tocando vários instrumentos para dar apoio a Junior. Já Monica Benini, esposa de Junior, ficou nos bastidores, ajudando a sogra Noely, com os comentários online e as mensagens dos patrocinadores.

Sem uma equipe completa, até Sandy precisou tocar alguns instrumentos

Enquanto isso, Xororó, o pai, fazia papel de “rodie”, um técnico responsável por garantir que a transmissão e os instrumentos estejam prontos para os músicos. O ídolo sertanejo ainda fez uma participação diante das câmeras, cantando o clássico “Evidências” com os filhos.

“Eu queria agradecer a participação de vocês em um momento tão peculiar, tão diferente, e (por que não?) também muito especial. A gente poder levar um pouquinho de alegria e de música para vocês nesses tempos tão esquisitos nos deixa feliz”, disse Sandy, que ressaltou a improvisação da live.

Além da simplicidade, outra coisa que chamou a atenção foi a live sem bebedeira. “A gente não pode beber. Isso daqui é água”, avisou Sandy, apontando para a garrafa que lhe acompanhava.

– Após críticas de fãs e polêmica, Sandy e Junior quebram silêncio

Na semana passada, o cantor sertanejo Gusttavo Lima virou alvo de representação no Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) por causa das propagandas de bebida alcoólica feitas durante transmissões pela internet.

Eles realizaram a transmissão ao vivo, no YouTube, em parceria com as Casas Bahia, para arrecadar doações à campanha “Fome de Música”, como outros cantores e bandas brasileiros também têm feito.

– Sandy e Junior mudam letra de Maria Chiquinha por não ser mais aceitável

Alexandre Pires já marcou outra live

Entre as lives mais nostálgicas, assim como a de Sandy e Junior, teve apresentação do Raça Negra, Alcione, Pixote e Alexandre Pires. A mobilização da campanha “Fome de Música” tem sido tão grande que reuniu até mesmo os “Amigos”, grupo com os grandes cantores da música sertaneja brasileira desde os anos 90 e que conta, inclusive, com a dupla Chitãozinho e Xororó.

Além da campanha junto com os artistas, Sandy e Junior já haviam anunciado, no mês passado, apoio financeiro a várias entidades e hospitais para ajudar a combater o surto de coronavírus que tem se espalhado pelo país.

Alcione provocou fortes emoções com uma seleção de clássicos

– Nostalgia, reencontros e emoção: O que rolou no primeiro show de Sandy e Junior em SP

A live chegou a alcançar a marca de 2,5 milhões de pessoas assistindo simultaneamente a apresentação da dupla. Além disso, mais de 1000 toneladas de alimentos foram arrecadados, além de doações em dinheiro.

E a agenda de lives está longe de acabar. Hoje ainda tem Belo, a partir das 19h. Na quinta-feira (23), tem Thiaguinho às 18h – ambas no Youtube. E, para “sextar” (24), tem Marcelo D2 as 21h, em sua página oficial no Facebook.

Roubando a cena:

Lucas Lima foi um capítulo à parte durante a live de Sandy e Junior. Se revezando entre instrumentos, assumindo erros na performance, puxando músicas antigas de improviso e ainda brincando o tempo todo com a esposa e o cunhado, ele chamou atenção do público que assistia a live.

Teve até uma ceninha de ciúmes inventada, quando Rodrigo Santoro mandou uma mensagem para Sandy. “Como assim Rodrigo Santoro tem seu whatsapp?”, perguntou ele, arrancando gargalhadas do cunhado e dos sogros.

É que Rodrigo fez uma participação na música “Baby, liga pra mim”, cantada no improviso durante a live. Ao saber disso, o ator mandou uma mensagem para a cantora dizendo que, se soubesse, teria ligado na hora da apresentação. Sem problemas: quando Santoro finalmente conseguiu ligar, pelo celular de Xororó, a dupla retomou a música somente para contar coma participação dele.

Publicidade

Fotos: Reprodução / Youtube


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Dia Internacional do Reggae: mensagem política popularizada por Bob Marley continua atual e necessária