Ciência

Superfícies metálicas podem ser ‘assassinas de bactérias’ graças a nova técnica de tratamento a laser

por: Gabriela Glette

A pandemia do coronavírus tem evidenciando a importância de estabelecer hábitos de higiene eficazes em casa e no escritório, afinal, não é apenas o vírus causador da Covid-19 que oferece riscos à nossa saúde. Bactérias podem sobreviver na superfície dos móveis e maçanetas das portas por dias, mas muitas vezes nós esquecemos de limpá-las. Por isto, engenheiros da Purdue University criaram um método de tratamento a laser que pode potencialmente transformar qualquer superfície de metal em um rápido assassino de bactérias.

tratamento laser metais 5

Publicado na revista Advanced Materials Interfaces, o estudo garante que a técnica pode matar imediatamente as superbactérias, como o MRSA – que quando entra na corrente sanguínea pode afectar quase todo o organismo e causar infecções sérias, como septicémia, infecção da medula óssea, nos pulmões e até mesmo no coração.

tratamento laser metais 4

A técnica

Segundo os pesquisadores, a técnica de texturização a laser aprimora as propriedades de destruição de bactérias da superfície do cobre e apenas mudará ligeiramente a textura do metal. De acordo com Rahim Rahimi – professor assistente de engenharia de materiais: “O cobre tem sido usado como material antimicrobiano há séculos”.

tratamento laser metais 3

Rahim Rahimi – um dos envolvidos na pesquisa

A técnica ainda não foi adaptada para matar vírus como o responsável pela pandemia do coronavírus, já que vírus são muito menores que as bactérias. No entanto, desde a publicação do estudo, a equipe começou a testar essa tecnologia nas superfícies de outros metais e polímeros que são usados para reduzir os riscos de crescimento bacteriano em dispositivos como implantes ortopédicos ou adesivos para feridas crônicas.

tratamento laser metais 2

Se o método começar a ser utilizado em pessoas implantadas, impedirá a propagação de infecções e resistência a antibióticos, já que não haveria necessidade de antibióticos para matar bactérias da superfície de um implante.

tratamento laser metais 1

A texturização a laser tem um efeito duplo: a técnica não apenas melhora o contato direto, mas também torna a superfície mais hidrofílica. Para implantes ortopédicos, essa superfície permite que as células ósseas se liguem com mais força, melhorando o quão bem o implante se integra ao osso. Mais simples do que aparenta ser, a equipe acredita que o método pode ser facilmente adaptado em processos de fabricação de dispositivos médicos existentes. Assista o vídeo publicado pelos pesquisadores para compreender melhor o processo:

Publicidade

Fotos: reprodução Youtube

Foto de destaque: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde