Tecnologia

Teacherflix: plataforma abre conteúdos para capacitar professor para educação online

por: Mari Dutra

A Teacherflix é uma plataforma de streaming focada na formação de professores por meio de aulas em vídeo, texto, podcast, animação e infografia. Durante o período de isolamento social imposto pela pandemia de Coronavírus, profissionais da educação terão acesso gratuito ao portal por 60 dias.

Anunciada pela Pearson, maior empresa de aprendizagem do mundo, a ação busca auxiliar educadores a se prepararem para o ensino online em um período em que este passa a ser a realidade em muitas escolas.

“Pela primeira vez na vida, muitos professores terão que continuar o processo de aprendizagem de seus alunos sem os recursos da sala de aula física, o que impõe a eles uma série de novos desafios: lidar com tecnologias desconhecidas, manter os estudantes engajados em um modelo de aula à distância, entre outros”, afirma Juliano Costa, vice-presidente de produtos da Pearson LATAM em comunicado à imprensa.

O objetivo da empresa é que o Teacherflix possa ser uma ferramenta adicional para a adaptação dos professores, com cursos gratuitos que envolvem temas como a aprendizagem online, tecnologia educacional e o conceito de sala de aula invertida.

Educadores podem escolher entre duas possibilidades de certificação. A primeira delas tem uma carga horária entre 12 e 30 horas, enquanto a segunda dura 150 horas.

As formações mais longas são realizadas no que é chamado de “Trilha de Aprendizagem”, que pode envolver temas como educação infantil, legislação educacional, didática, neurociência e educação, pensadores na educação, planejamento escolar, tecnologia educacional, entre outros.

Educação em tempos de pandemia

Diversos estados brasileiros já anunciaram a suspensão das aulas presenciais durante o período de quarentena. A medida visa promover o isolamento social e evitar que funcionários e estudantes se exponham ao Coronavírus.

Escolas públicas de pelo menos 22 estados anunciaram a suspensão temporária das atividades, visto que muito alunos da rede pública não dispõem de estrutura para se engajar em tarefas online. Ao mesmo tempo, as instituições privadas buscam se adequar ao novo contexto oferecendo aulas virtualmente ou através de atividades enviadas aos estudantes.

Publicidade

Foto em destaque: Javier Sierra


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Twitter cria ferramenta que dá ao usuário poder de escolher quem responde aos posts