Agenda Hypeness

Agenda Hype em casa: Daniela Mercury, Emicida, Tarcila no Masp e Dia do Hambúrguer

por: Gabriela Rassy

Essa 11ª semana de quarentena chega com tudo junto e misturado. É live que não acaba mais, dos shows aos papos, com Daniela Mercury, Emicida, Tulipa Ruiz, Chico César e mais um monte de artistas maravilhosens. Tem ainda papos de arte sobre obras de Tarsila do Amaral no Masp, tem receitas e delivery para celebrar o Dia do Hambúrguer e tem a gente ficando em casa!

A cada semana trago aqui dicas lindas para nos divertirmos e aprendermos enquanto mantemos o isolamento social. Tudo isso é sabe o que? Arte. E para que a arte tenha longa vida, quem trabalha com arte também precisa ter. Fortaleçam os artistas. Eles que fazer a nossa vida ter sentido. Eles que embalam nossos dias dentro e fora de casa. E eles também têm direito a receber auxílio nesse momento tão difícil. Lute por quem nos faz sobreviver a nós mesmos.

Vem na minha!

  • #lives

Daniela Mercury | Multishow
Sexta, 20h
Sol, sal. Salvador e carnaval! Eu não quero mais nada pra minha vida. Para aquecer a galera nessa quarentena, o Multishow transmite o showzaço da maravilhosa Daniela Mercury! Afasta o sofá e se prepara pra pular, cantar e se emocionar com o som da Bahia!

Emicida e Tulipa Ruiz | HomeHour Popload Festival
Quinta, 19h
Emicida e Tulipa foram convidados para um
#HomeHour acompanhado de bons drinks, bom papo e música boa.

Bate-papo Teatro Rival Refit com Chico César e Zeca Baleiro | Instagram @teatro.rival.refit
Quinta, 28, 16h

View this post on Instagram

@oficialchicocesar @zbaleiro

A post shared by Teatro Rival Refit (@teatro.rival.refit) on

Composição (Figura só) | Instagram @masp
Quinta, 28, 18h
“Composição (Figura só)” (1930), de Tarsila do Amaral (1886-1973), é o trabalho escolhido para a campanha de desenhos do MASP desta semana. A obra fez parte de “Tarsila popular”, exposição que ficou em cartaz no museu em 2019. Na quinta, dia 28, a live será com Tarsilinha do Amaral, advogada, sobrinha-neta da artista e representante do espólio de Tarsila do Amaral, e Adriano Pedrosa, diretor artístico do MASP. Eles irão conversar sobre a vida e a obra de Tarsila e a respeito do sucesso da exposição individual dedicada à modernista no MASP (que teve curadoria de Adriano Pedrosa e Fernando Oliva, curador no museu).

View this post on Instagram

[desenhos] em casa A obra desta semana é ‘Composição (Figura só)’, de Tarsila do Amaral. Publiquem e marquem seu desenho com #maspdesenhosemcasa e @masp até sábado, 30.5, às 23:59. Os selecionados serão postados no domingo, 31.5, e seus autores receberão um Amigo MASP grátis. Os critérios de seleção levam em conta a originalidade, a inventividade, o conceito e a execução dos desenhos. Podem participar adultos e crianças, com desenhos recentes ou antigos. Entendemos por desenho um trabalho único feito sobre papel ou cartão—aquarela, guache, pastel, lápis, caneta, giz de cera, tinta acrílica ou óleo, colagem ou digital. Para exemplos, confira os trabalhos dos desafios anteriores postados nos últimos domingos. Esperamos seus desenhos! Um vento forte se abate sobre a solitária figura feminina de longos cabelos numa paisagem noturna, melancólica, ocupada por vegetações fantásticas verticalizadas típicas de Tarsila do Amaral (1904-1973). A personagem fita o infinito, de costas para o espectador, vestindo um traje rosa; não vemos seu rosto, mas o formato de seu corpo—como uma gota de lágrima—sugere seu estado de espírito. ‘Composição (Figura só)’ pode ser considerada um autorretrato e é a única pintura feita em 1930 pela artista. Aquele ano marca um ponto de inflexão na vida da Tarsila, do país e do mundo. Em 1929, a abastada família da artista, de fazendeiros cafeicultores, perdeu a fortuna com a crise deflagrada pela quebra da bolsa de Nova York. Em 1930, um golpe de Estado põe fim à República Velha, mergulhando o país na era Vargas. No mesmo ano, Tarsila perde o marido e parceiro intelectual Oswald de Andrade, que a abandona pela amiga e escritora Pagu, num escândalo que chocou a sociedade paulista. Nada mais seria como antes. Tarsila do Amaral, ‘Composição (Figura só)’, 1930, Comodato MASP Ronaldo Cezar Coelho ‘MASP Live na quinta 28.5 às 18h com @tarsiladoamaral , sobrinha da artista, e ‘Diálogos no acervo’ sobre a obra na quarta 27.5 às 16h. Amigo MASP tem entrada ilimitada e sem filas no museu, benefícios exclusivos e descontos no restaurante, café, loja e escola MASP. #maspdesenhosemcasa #tarsiladomaral

A post shared by Museu de Arte de São Paulo (@masp) on

Festival #ZiriguidumEmCasa | Instagram de cada artista 
Sexta a domingo, 17h às 21h
Pioneiro na divulgação e organização de lives durante a quarentena, o Festival já apresentou nomes como Leila Pinheiro, Baby do Brasil, Biquíni Cavadão, Marcos Valle, Pedro Luis, Roberta Campos, Roberta Sá, Zé Renato e Isabella Taviani. Nesta edição, shows online de Lucinha Lins, George Israel, Ziza Fernandes, entre outros.

ShowlivrePlay | Site oficial
Quarta a sexta, 18h
Na quarta-feira (27/05), o rock chega com Julio Andrade(do power trio The Baggios), cujas referências incluem riffs blueseiros, rock setentista e música brasileira. Quinta-feira (28/05), é a vez das irmãs super poderosas do Filosofia Reggae. O trio – que bebe na fonte de estilos como R&B, samba, rap e soul – vai emanar boas vibrações. Marina Peralta comanda o show de sexta (29/05) com sua retórica de empoderamento feminino e indígena, assim como de luta por igualdade social e econômica.

Rocinante no Estábulo | Instagram @rocinantegravadora
Sábado, 30, 16h às 22h
Dessa vez, o festival conta com as participações de Jards Macalé, Nelson Angelo (um dos compositores do Clube da Esquina), e também maestro Letieres Leite. Serão 12 artistas ao longo de 6 horas de apresentações!

  • #músicas

Alvaro Gribel | Inominável
Gravada em formato voz e violão, “Inominável” é uma canção polêmica que descreve não só um personagem da vida pública brasileira, mas um conjunto de pessoas que compartilham dos mesmos valores, como a cultura armamentista, o descaso com o meio ambiente e a exaltação à ditadura.

Lagun | Hoje Eu Quero Me Perder
Primeiro single do próximo disco da banda Lagum, “Hoje Eu Quero Me Perder” consegue traduzir de forma sublime os afetos de uma relação. Transforma aqueles detalhes que, muitas vezes, passam despercebidos, mas que são essenciais para o encantamento diário entre um casal.

Thunderbird | A Obra
Em meio ao distópico ano de 2020, Luiz Thunderbird – apresentador, VJ, músico, podcaster, youtuber e radialista – retorna com o ácido, dançante e enérgico projeto solo, autointitulado e materializado pelo disco Pequena Minoria de Vândalos. Um grito libertário frente ao conservadorismo contemporâneo. Música de protesto, para balançar na pista. Afinal, longe de se ater à crítica musical Thunderbird faz música. Inaugurando o álbum, Thunderbird apresenta uma versão inédita para “A Obra”, hits dos anos 80 dos belo horizontinos de Sexo Explícito.

Maglore | Dança Diferente
Refletir, meditar, contemplar. Algumas das atividades mais afloradas pelo período de quarentena – por vezes – envolvem rever momentos passados e ressignificá-los. De certa forma, este é o movimento feito pela banda Maglore ao começar a revisitar faixas marcantes da discografia do grupo com linguagem visual típica de karaokês. “Dança Diferente”, música presente na tracklist do disco III (2015), foi a escolhida para dar início à essa visita ao baú de composições do quarteto.

  • #filmes

Vaga Carne | Grace Passô e Ricardo Alves Jr.
Uma estranha voz toma posse do corpo de uma mulher. Juntos, a voz e o corpo procuram por pertencimento e por uma identidade própria enquanto questionam seus papéis dentro da sociedade. O filme é uma transcriação do espetáculo teatral da atriz e dramaturga Grace Passô.

Vou Rifar Meu Coração | Ana Riepper 
Amor, dor de cotovelo e o processo criativo da música brega no Brasil. Artistas que colecionam recordes de discos vendidos e legiões de fãs reclamam do preconceito sofrido pelo gênero, um dos mais populares do país.

  • #visuais

#ihatechallenge
O I Hate Flash começou uma nova proposta de produção de imagens e vídeos durante a quarentena. Desde abril, o coletivo vem propondo temas nos stories para que o público escolha e, a partir dele, convidar os fotógrafos e cinegrafistas do grupo para produzir. A cada semana saem vídeos muito legais, tudo em casa. Se liga!

View this post on Instagram

Pro nosso #ihatechallenge a @annekarr criou um vídeo inspirado na obra de Jacques-Louis David – La Mort de Marat: “Para a releitura de La Mort de Marat, parti mais do principio de exercitar a imaginação, criando uma ficção sem link direto com a mensagem da obra em si. Somei a pira de criar vídeos dentro desse contexto de quarentena  onde processos de várias mãos se tornam apenas duas (no meu caso) e praticar mais etapas efetivamente dentro de cada processo da criação de uma "peça audiovisual", mesmo que fosse um projeto pequeno com um prazo curto, é importante testar e experimentar. A "minha obra", se assim podemos chamar, ela se contextualiza ao período que vivemos na trilha e no assunto. Tentei brincar um pouco com  o "sextou em casa" e com a onda das receitas mirabolantes que invadiu a internet nessa quarentena e a trilha é do desenho Midnight Gospel que estreiou nesse período de isolamento e trata de assuntos como espiritualidade e filosofia.”

A post shared by I Hate Flash (@ihateflash) on

  • #gastronomia

Em homenagem ao Dia Mundial do Hambúrguer, dia 28, algumas boas sugestões de receitas e delivery para a semana!

Yazzo Burguers
Abrindo os caminhos exclusivamente como delivery, a Yazzo acaba de abrir as portar virtuais para entregar alguns dos melhores hambúrgueres de São Paulo. Destaque para a exclusividade da casa: o srimpburger! Com pedaços carnudos de camarão e salada coleslaw, é um lanche que dá vontade de morar dentro. O vegetariano beansburger é outro destaque. Cheio de textura, suculência e sabor defumado, deixa qualquer “futuro” para trás. Entrega de sexta a domingo pelo iFood, mas nesta quinta abre especialmente para celebrar com promo de 3 cheeseburgers por R$ 30.

Fat Cow
A casa do empresário Fábio Moon em parceria com o chef Luiz Filipe Souza, do Evvai, oferece um hambúrguer especial na semana comemorativa da receita. O Buddy love – 2 Smashs de 70g , ovo, queijo Fat Cow, bacon e Maionese da casa – sai por R$ 29.

Juicy Burger
Seguindo uma tendência mundial, a Juicy abriu as primeiras unidades apenas como delivery já em 2019. Assumindo uma ideia inovadora e pouco usual no Brasil, a hamburgueria optou pelo caminho oposto a restaurantes e estabelecimentos gastronômicos que, tradicionalmente, buscam um ponto fixo. Por não ter o custo de manutenção de um espaço, a Juicy Burger consegue investir em outras frentes, garantindo que os produtos cheguem aos clientes da maneira ideal: rápido, suculento e crocante. Os preços dos burgers individuais variam de R$ 13 a R$ 21. Já os combos, vão de R$ 15 a R$ 60. Nesta semanarolam duas promoções: R$ 5,90 para o suculento Old School pedidos via Rappi, Uber Eats e iFood; e a partir de R$ 17,50 para o combo com burger + batata McCain SureCrisp + Ponto IPA (disponível apenas para pedidos feitos via Uber Eats).

  • #canais

Ora Thiago
Um dos vícios de quarentena aqui de casa é acompanhar os ótimos vídeos do Thiago Guimarães. O canal mistura cinema, TV e cultura pop em análises no mínimo divertidas do youtuber.

Tempero Drag
A professora de história que a gente ama faz vídeos semanais para nos tirar do buraco da ignorância e aprendermos com o passado para evoluir no futuro.

  • #cursos

Programa Cinematographos de Estudos de Cinema | Inscrição aqui
Voltado para pessoas que desejam ampliar os conhecimentos cinematográficos de modo dinâmico e compreender a execução e a estética dessa arte de maneira crítica, os módulos da formação, realizada pelo Núcleo Cinematographos da Casa Guilherme de Almeida, possibilitam reunir participantes sem ou com experiência na área.

Publicidade


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Morador aciona Justiça para apagar obra de artista renomada e mostra que cultura pede socorro