Estilo

Anna Wintour, editora-chefe da Vogue, aparece sem óculos escuros em vídeo sobre pandemia

por: Vitor Paiva

Elegante e rigorosa, severa e influente, a editora chefe da revista Vogue estadunidense Anna Wintour tornou-se de tal forma referência no mundo da moda que não é exagero afirmar que sua imagem se tornou icônica – e tal ícone inclui seus indefectíveis óculos escuros. Inspiração para a personagem do filme “O Diabo Veste Prada”, Wintour raramente é vista sem seus óculos, mas para um vídeo especial e extraordinário, ela decidiu mostrar os olhos em encontro direto com seus leitores para falar da quarentena e do Met Gala, baile anual que a Vogue promove no Museu Metropolitan, em Nova York – que aconteceria no último dia 04 mas que teve de ser adiado por conta da pandemia do coronavírus.

A editora da Vogue, Anna Wintour, tirando seus óculos para o vídeo © reprodução

Na primeira cena do vídeo Wintour aparece justamente tirando seus óculos escuros, como se quisesse olhar nos olhos dos espectadores para falar sobre tema tão importante. “Normalmente, na primeira segunda-feira de maio, eu estaria na escadaria do Metropolitan Museum of Art, recebendo os convidados do baile anual”, ela diz. “Ao invés, estou em casa, como a maioria de vocês”, ela segue, lembrando que o adiamento de uma festa não tem importância alguma diante da dor e do luto de milhões, e convidando todos à união e ao espírito comunitário.

“Se sairemos dessa pandemia mais forte e mais resilientes, teremos de nos conectar como nunca”, ela diz, para começar a comentar sobre as atividades no museu e a necessidade de ajuda e doações para ajudar os funcionários e diversos profgissionais ligados ao museu. Além disso, Wintour e o estilista Tom Ford criaram A Common Thread, uma iniciativa que já levantou mais de 5 milhões de dólares para ajudar profissionais ligados ao mundo da moda durante a pandemia.

A cantora Florence Welch © reprodução

Por fim, a cantora Florence Welch, da banda Florence + The Machine, participa do vídeo, cantando e recriando uma apresentação sua no próprio Met Gala, cerca de 10 anos atrás.

A cantora Lady Gaga, chegando ao baile Met Gala do ano passado © divulgação

Mais do que a ausência dos óculos, das roupas espetaculares dos bailes, do luxo e da extravagância desfilando nas páginas de uma das mais influentes revistas do mundo, a real elegância de Anna Wintour em sua aparição está no esforço para ajudar sua comunidade – e oferecer suporte a quem mais precisa.

© reprodução

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Princesa Diana tem fotos inéditas postadas por co-fundador da grife Valentino