Inspiração

Ativistas do pedal feminino negro emprestam bikes para quem precisa trabalhar na pandemia

por: Vitor Paiva

A recomendação é clara e irrestrita: o melhor caminho para combater a pandemia do coronavírus ainda é o isolamento social – ficar em casa em quarentena. Infelizmente nem todos podem, porém, trabalhar de casa ou deixar de trabalhar, principalmente as pessoas por trás de serviços essenciais. Nesses casos, a bicicleta vem se tornando aliada fundamental como meio de transporte mais seguro e isolado em período de quarentena – e é nessa hora que entra em cena o La Frida Bike, grupo que oferece bikes gratuitamente para que trabalhadores possam pedalar ao trabalho.

O La Frida Bike atua em Salvador e São Paulo, com o objetivo de incluir a população periférica e principalmente as mulheres negras nas possibilidades de mobilidade oferecidas pela bicicleta – tendo a mobilidade urbana como veículo para o combate ao racismo. O grupo produz bicicletas, ensina tais populações a andar de bike e, através da iniciativa “Compartilhamento La Frida”, oferecem gratuitamente as bicicletas como alternativa de meio de transporte. No atual momento, as bikes servem não só como meio de transporte, mas também como ferramenta de trabalho para entregadores, principalmente os que oferecem seus serviços para delivery por aplicativos.

O nome é inspirado na grande pintora mexicana Frida Kahlo, e o uso das bikes oferece um transporte mais seguro e saudável – permitindo inclusive a manutenção da distância social segura para combater a disseminação do coronavírus. A ideia do movimento é clara e direta: fiquem em casa, mas se uma emergência ou essencialidade fizer a saída inevitável, vá de bike – e se por acaso não tiver uma bicicleta, então pode pedir ajuda ao La Frida Bike. Quem quiser saber mais, pode entrar em contato pelo telefone (71) 99283-0372 ou pelo e-mail oficinalafridasalvador@gmail.com.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Trabalhador encontra carta secreta de 1941 escondida em teto de igreja