Ciência

Especialistas garantem que você não deve lavar o arroz antes de cozinhar; entenda

por: Vitor Paiva

Não é verdadeiro o mito de que o arroz não nos fornece nutrientes: o grão é boa fonte de potássio, ferro, fósforo, magnésio e diversas vitaminas, além do sabor especial e do complemento perfeito para um bom prato. O que sim é uma falsa lenda e deve ser abandonado como hábito é a prática comum de se lavar o arroz antes do cozimento – além de não ser necessária, a lavagem escorre, junto com a água, uma boa parte desses nutrientes.

© Shutterstock

Por ser um alimento não perecível, o arroz não é uma superfície ou ambiente preferencial às bactérias – e, ainda que fosse, o cozimento em alta temperatura é suficiente para eliminar eventual microrganismo presente no grão. O arroz polido branco não precisa, portanto, ser lavado e, além de perder seus nutrientes, a lavagem pode tornar o arroz grudado depois de pronto.

© iStock

No caso do arroz integral, a lavagem impacta menos os nutrientes, visto que o grão segue ainda embalado em sua casca protetora, perdendo assim menos suas vitaminas e minerais ao ser lavado.

© iStock

E sobre o suposto “pó branco” que a água tiraria do arroz, não se trata de sujeira, produto químico ou coisa que o valha – mas sim, nada além de partículas do próprio alimento: o tal pó branco nada mais é do que simplesmente arroz.

© Pixabay

 

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
A liga antimáscara que protestou durante epidemia de gripe de 1918