Sustentabilidade

Greta Thunberg grava vídeo para campanha sobre avanço da covid-19 em Manaus

por: Yuri Ferreira

A notória ativista sueca Greta Thunberg fez um apelo à comunidade internacional para que a cidade de Manaus receba atenção durante a pandemia de coronavírus. Um dos locais mais afetados pela covid-19 no nosso país, a crise de saúde pública na capital amazonense coloca em risco milhões de pessoas no espaço urbano e comunidades indígenas ao redor de toda a Amazônia Brasileira.

– Dia da Terra: Greta Thunberg associa luta contra coronavírus ao aquecimento global

Diversos ativistas e Greta Thunberg se uniram para fazer um apelo à comunidade internacional devido ao avanço da covid-19 no coração da nossa Amazônia

A carta, feita em formato de vídeo, conta com a participação de diversos ativistas jovens de todos os lugares do mundo e busca levar atenção a preocupante situação do epicentro do novo coronavírus na região Norte do país.

“As autoridades públicas do coração da Amazônia emitiram um pedido de socorro ao mundo, que não pode ser ignorado: os países que já recuperaram seus sistemas de saúde nessa crise, tenham misericórdia, e evitem a morte em massa das pessoas da Amazônia. Manaus pede por respiradores, equipamentos médicos, pessoal qualificado, voluntários”, diz trecho da carta.

– Coronavírus não muda realidade da Amazônia e desmatamento sobe mais de 200%

A situação de indígenas, quilombolas e ciganos no Brasil é preocupante. Diversas lideranças desses povos apontam para um massacre; a dificuldade de acesso ao sistema de saúde convencional é uma das principais preocupações das lideranças. O Brasil lidera o ranking de indígenas infectados na América do Sul, especialmente na região Norte.

“A questão primordial é a vulnerabilidade dos indígenas em termos de imunidade. O risco do coronavírus dentro das aldeias é de um verdadeiro genocídio”, afirmou Dinamam Tuxá, um dos coordenadores executivos da Articulação dos Povos Indígenas no Brasil, à Rádio UFMG Educativa.

– Ambientalista Ailton Krenak diz que ‘volta ao normal’ é como acreditar que Terra é plana

“Foi um pedido de SOS e sabia que Greta iria responder de forma madura. Sou muito grato pela sensibilidade desses jovens, que pensam no futuro do planeta e sabem da contribuição da nossa floresta para a questão climática. Espero que os líderes mundiais possam nos ajudar a salvar a vida dos defensores da floresta”, destacou Arthur Neto, prefeito de Manaus.

Confira a carta aberta:

Publicidade

Fotos: Reprodução/Youtube


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Baleia tem cauda arrancada em SC e polícia investiga envolvimento de pescadores