Ciência

Prêmio Mulheres na Ciência abre inscrições e oferece bolsas de R$ 50 mil

por: Gabriela Glette

Mais de 70% dos artigos científicos produzidos no Brasil nos últimos anos, foram assinados por mulheres, um dado que escancara o machismo estrutural que existe em nosso país. Por isto, iniciativas como o programa Para Mulheres na Ciência veio para promover e reconhecer a participação da mulher na ciência, favorecendo o equilíbrio dos gêneros no cenário brasileiro. Organizado pela L´Oréal, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil e a Academia Brasileira de Ciências, as inscrições vão até o dia 8 de maio e a iniciativa oferece bolsas de R$ 50 mil.

mulheres na ciência 1

Esta é a 15º edição da premiação, que contempla sete jovens pesquisadoras das áreas de Ciências da Vida, Ciências Físicas, Ciências Químicas e Matemática. Ao reconhecer a importância da ciência e do estímulo às mulheres, a iniciativa oferece bolsas-auxílio, essenciais para que elas possam dar prosseguimento aos seus estudos.

mulheres na ciência 2

Para participar, é necessário que a candidata tenha concluído o doutorado a partir de 1º de janeiro de 2013, tenha residência estável no Brasil e desenvolva projetos de pesquisa em instituições nacionais, entre outros requisitos. O resultado será anunciado em agosto e as inscrições podem ser feitas aqui.

Mulheres na ciência

No Brasil, além das mulheres produzirem mais ciência, elas também são a maioria de bolsistas da Capes – autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e matriculadas no ensino superior, representando 57,2% dos estudantes. Entretanto, entre os mais de 300 mil docentes da educação superior, apenas 45% são mulheres.

mulheres na ciência 3

Além da disparidade salarial e da jornada dupla de trabalho, que impossibilita muitas mães de família a seguirem carreira na ciência, estamos falando de um país estruturalmente machista, mais um motivo para se orgulhar de programas com este.

Publicidade

Fotos 1 e 2: divulgação

Foto 3: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pedaço de gelo quase do tamanho do Recife se descola da última plataforma do Ártico