Debate

Rio de Janeiro: cidade estabelece ‘rodízio de pessoas’ por CPF para isolamento social

por: Yuri Ferreira

A cidade de Teresópolis, na região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, anunciou a primeira fase do seu lockdown: a partir de agora, os moradores do município irão entrar em um rodízio de pessoas e a circulação nas ruas só sera permitida se o número final do seu CPF estiver autorizado para sair de casa. A quebra do isolamento social acarretará em multas.

A medida anunciada pela prefeitura da cidade prevê que haverá um dia para as pessoas com CPF com final de número ímpares (1,3,5,7 e 9) saírem de casa. No outro dia, os CPFs que terminam em 0 e pares (0,2,4,6,8) estarão autorizados a dar uma voltinha, ir no mercado e fazer visitas a estabelecimentos que prestam serviços essenciais.

– Niterói, 7º IDH do Brasil, combate covid-19 desde janeiro e quer passar EUA e Coreia do Sul em testes

Moradores de Teresópolis (RJ) terão de apresentar documento com foto e CPF para saírem às ruas. Medida leva em consideração o alto índice de infecção registrado na cidade

Dessa maneira, o prefeito Vinicius Claussen (PSC) tenta reduzir a circulação de pessoas na cidade. A medida dá abertura para que domésticas, vigias, jardineiros, cuidadores de idosos e crianças continuem como serviços essenciais sem passar pela checagem do CPF. Ele, no entanto, deverão apresentar documento do contratante permitindo a circulação.

– Como Singapura, Taiwan, Coréia do Sul e Hong Kong conseguiram controlar o coronavírus

Os funcionários considerados essenciais são servidores públicos, agentes de segurança, profissionais de saúde, funcionários de concessionárias de serviços, de hospitais, de farmácias e mercados e motoristas com atividade remunerada. Para circularem independentes do número final do CPF, eles devem retirar uma autorização junto a Prefeitura de Teresópolis.

Outra medida anunciada pela Prefeitura foi um toque de recolher das 23h às 5h da manhã. Os motoristas e pedestres que desrespeitarem a ordem do governo municipal podem ser multados.

– Brasil é considerado epicentro mundial da covid-19; Só 32% dos estados detalham infecções

Até o fim de semana, Teresópolis tinha 526 casos da infecção e 13 óbitos devido ao novo coronavírus, sendo a cidade mais afetada pela doença em toda a região serrana. Com 15 leitos para UTI, o município teve um rápido afogamento do sistema de saúde e marcha para decisões mais rígidas para conter as infecções do novo coronavírus.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Coronavírus: Brasil tem mais de 1 mil óbitos pela 9ª vez e registra quase 1 morte por minuto em cenário de subnotificação