Design

Semi-enterrada, casa no interior de São Paulo é feita de terra batida

por: Gabriela Glette

Cidade das cerâmicas, repleta de trilhas, cachoeiras, passeios ecológicos e campos de lavanda, Cunha fica a cerca de 3 horas de carro de São Paulo e é um verdadeiro charme. Em uma das centenas de colinas fica esta magnífica casa contemporânea, semi-enterrada e construída principalmente com terra batida de origem local. No entanto, não foi apenas a questão estética que inspirou os arquitetos responsáveis a desenhar esta curiosa casa. A ideia de enterrar parcialmente a estrutura na terra e reaproveitar o solo escavado como material de construção ajudam a manter temperaturas interiores confortáveis ​​e estáveis ​​o ano todo, diminuindo a necessidade de aquecedores ou ar condicionado.

casa enterrada Cunha 1

A vista para a Serra da Mantiqueira ajuda a dar o contraste entre luxo e simplicidade. A escolha dos materiais, além de tudo, inspira-se na cultura tradicional da região, repleta de ateliês de cerâmica e porcelana. Localizada no topo de uma colina, a casa se funde com a natureza em volta na mais perfeita harmonia.

casa enterrada Cunha 2

Todas as paredes da casa foram construídas em terra batida através de uma técnica de construção que permite fácil montagem e desmontagem. O método, milenar, foi adaptado aos dias de hoje, mas manteve suas principais características. “Todas as características de dureza, inércia térmica, cor, brilho e qualidade tátil são fatores devido às características físicas e químicas desse solo específico”, explicam os arquitetos.

casa enterrada Cunha 3

Além da construção de terra batida, os arquitetos aproveitaram a técnica de cerâmica local para criar tijolos cor de palha. Porém, apesar de utilizar materiais tradicionais e técnicas de construção ancestrais, a casa apresenta um design minimalista e contemporâneo. Foi pensando na economia de energia que os principais ambientes da casa estão voltados para o norte, assim a luz do sol é aproveitada ao máximo.

casa enterrada Cunha 4

As amplas janelas oferecem vistas panorâmicas e luz natural, enquanto uma mistura de superfícies de madeira e móveis de cores vivas ajuda a criar uma atmosfera aconchegante e acolhedora. Um verdadeiro paraíso!

Publicidade

Fotos: Arquipélago Arquitetos


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Esses brinquedos sexuais com rostos felizes são tão lindos que mais parecem objetos de decoração