Sustentabilidade

Vídeo mostra tubarões nadando perto da costa do Rio; especialistas associam ao isolamento social

por: Redação Hypeness

As medidas de isolamento social por causa da Covid-19 estão mantendo muita gente em casa o que, de alguma forma, deixa os bichos mais ‘à vontade’ – até mesmo no mar. Com menos presença humana, relatos sobre tubarões bem próximos às praias de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, circulam nos últimas dias nas redes sociais. Neste flagra, 15 animais da espécie tubarão-galha-preta, são vistos nadando tranquilamente a uma distância curta da faixa de areia, sem serem ‘incomodados‘ por embarcações, barulho, turistas ou pescadores.

– Pinguins vivem livres e visitam amigos em zoológico fechado por pandemia

O empresário Cesar Duarte testava um jet-ski perto da Praia do Laboratório quando foi surpreendido pelos tubarões e fez o registro com um drone que carregava. Há cerca de 15 anos atuando com passeios de barco em Angra – serviço interrompido neste momento por causa da pandemia, Cesar diz que nunca tinha visto uma cena como essa. “Todo ano os tubarões aparecem. Mas eram sempre dois, três juntos. Ontem, eram 15. Alguns pulavam na água”, falou impressionado.

– Vídeo mostra momento em que urso acorda de hibernação e muita gente se identifica

Tubarão nada tranquilamente na costa do Rio de Janeiro

– Caçadores matam única girafa branca do Quênia e seu filhote

Em entrevista para o Extra, o especialista em tubarões e professor do Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista (Une), Otto Gadig, afirmou que não há perigo no fenômeno. “Estamos constatando um aumento no número de avistamentos de tubarões, e não no número de tubarões”, ressalta o professor. Ele explica que os tubarões são animais muito tímidos e relutantes à presença humana, mas que agora estão mais à vontade por causa da menor circulação de pessoas e portanto podem ser vistos se aproximando das praias.

O mesmo foi notado nas águas salgadas de Niterói, onde foram avistados, mais de oito vezes, tubarões da espécie tubarão-baleia, que pode chegar a 12 metros. Os relatos são de pescadores próximos à Ilha Mãe, em frente à Praia de Itaipu. Gadig também comentou as aparições deles e afirma que o mesmo que vem ocorrendo com a fauna terrestre em todo o mundo – com bichos saindo de seus esconderijos com a presença menor de pessoas – acontece com esses animais.

Publicidade

Foto: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Veganismo antirracista: receitas baratas e acessíveis por Luciene santos, a Sapa Vegana