Debate

William Bonner dá bronca no ‘JN’ em quem ainda não entendeu gravidade da pandemia

por: Karol Gomes

William Bonner abriu o Jornal Nacional desta quarta-feira (6) de uma maneira diferente. Assim que a colega de bancada Renata Vasconcellos terminou de anunciar os números mais recentes de mortes no Brasil provocadas pelo coronavírus – mais de 8 mil – o apresentador fez um discurso sobre a normalidade das perdas. 

Ele aproveitou ainda para dar uma bronca nos telespectadores que ainda não se atentaram aos perigos da Covid-19 e que não respeitam as orientações das organizações de saúde em manter o isolamento social.

– Você vai se identificar com o desabafo de William Bonner sobre telemarketing

“Você já nem deve lembrar, mas na quinta passada eram 5.901 mortos. Os números vão aumentando desse jeito, cada vez mais rápido, vão dando saltos. E vai todo mundo se acostumando, porque são números. Um número muito grande de mortes de repente, num desastre, sempre assusta. As pessoas levam um baque”, afirmou o âncora.

Em seguida, Bonner relembrou as mortes que ocorreram no rompimento da barragem em Brumadinho (MG), em 2019, e os atentados do 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos. “Mas, quando as mortes vão se acumulando, ao longo de dias e semanas, como acontece agora na pandemia, esse baque se dilui e as pessoas vão perdendo a noção do que seja isso”, disse. 

– Apresentador do ‘JN’ com Covid-19 sai da UTI e respira sem aparelhos

A fala do apresentador impressionou muita gente, que comentou elogiou o posicionamento em tempos de pandemia: 

Em sua fala, Bonner recorreu a humanização das vítimas, algo tão necessário. “Oito mil vidas acabaram. Eram vidas de pessoas, amadas por outras pessoas. Pais, irmãos, filhos, amigos, conhecidos. Aí o luto dessas tantas famílias vai ficando só pra elas, porque as outras pessoas já não têm nem como refletir sobre a gravidade dessas mortes todas, que vão se acumulando todo dia”, argumentou. 

– ‘Espero o dia que isso não seja mais notícia’, diz Matheus Ribeiro após estreia no JN

Ele alertou ainda que, para muita gente, a gravidade da situação só vai ser real quando houverem perdas de parentes e amigos, ou ainda de pessoas famosas. 

William Bonner dá bronca no ‘JN’ em quem ainda não entendeu gravidade da pandemia  

Segundo os dados mais recentes do Ministério da Saúde, foram confirmados 125.218 casos do novo coronavírus em território nacional. Desde o início da pandemia, 8.536 pessoas morreram em decorrência da doença.

Publicidade

Foto: Reprodução / Rede Globo


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Mulher sofre estupro coletivo por 12 homens em SP e precisamos falar sobre isso