Debate

William Bonner diz no ‘Conversa com Bial’ que evita lugares públicos há 2 anos

por: Redação Hypeness

Depois de Glória Maria, o “Conversa com Bial”, que voltou com um formato de entrevistas online por conta da pandemia do novo coronavírus, voltou a falar com um grande nome do jornalismo. O apresentador e editor-chefe William Bonner apareceu bastante diferente do que mostra na bancada do Jornal Nacional todas as noites na Rede Globo e falou sobre a necessidade de uma “pausa para respirar” diante do noticiário atual.

O apresentador foi honesto com Pedro Bial e não escondeu estar abatido e sem esperanças diante do cenário político atual. Bonner reclamou muito da intolerância que viu surgir nas redes sociais e avançou para as ruas. 

– William Bonner recebe ameaças no celular; No DF, jornalistas deixam cobertura por falta de segurança

“Eu ainda me assusto com a bile, com o ódio que escorre nas palavras, nas palavras mal escritas, nas palavras cuspidas. É um ódio tão intenso que a gente não sabe onde levará. E aí a gente vai para as ruas e assiste a esta mesma incivilidade”, disse na entrevista, surpreendendo muitos dos espectadores. 

– William Bonner expõe falhas no sistema de auxílio na pandemia e denuncia fraude no CPF do filho

Bonner contou que, em 2018 a sua presença em locais públicos se tornou inviável. Dizendo ser o rosto do “Jornal Nacional”, que apresenta desde 1996, e também da Globo e do jornalismo, observou: “Eu tenho consciência de que sou um símbolo. Simbolizo muitas coisas para muitas pessoas, que não me conhecem, não sabem quem eu sou”.

O apresentador se abriu ainda com a detalhes dramáticos sobre a sua vida pessoal e a de seus familiares. Contou que, em 2016, para evitar ser hostilizado dentro de aviões, viajou semanalmente do Rio para São Paulo de carro para visitar o pai, que estava gravemente doente na época. 

– William Bonner explica problema técnico na abertura do ‘Jornal Nacional’

O mesmo aconteceu em 2018, com a mãe doente, a mesma dificuldade ocorreu e Bonner contou que novamente teve que viajar inúmeros finais de semana do Rio para São Paulo de carro. “Não podia pegar um avião com tranquilidade nem para visitar um parente doente”, lamentou.

Bonner voltou a falar sobre os problemas enfrentados pelo filho Vinícius, que tem sido alvo de ações de estelionato há três anos, desde que uma carteira de habilitação dele caiu na internet. A mais recente foi o uso irregular do nome do filho num pedido do auxílio emergencial dado ao governo para os mais necessitados.

– William Bonner dá bronca no ‘JN’ em quem ainda não entendeu gravidade da pandemia

O jornalista afirmou que se sente orgulhoso de seu trabalho, mas reconhece que sua notoriedade atingiu seu filho. “A sensação que eu tenho é que se criou toda uma situação exatamente pra tornar muito difícil o trabalho, é mais um passo, mais uma ação pra nos dificultar, pra impedir que o trabalho da imprensa seja feito”, disse.

Publicidade

Foto: Reprodução / Rede Globo


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
CEO usa Linkedin para reclamar de candidata que negou entrevista de emprego no domingo