Inspiração

5 dicas para superar estigmas e aproveitar o isolamento para a evolução pessoal

por: Redação Hypeness

Manter o isolamento social vem trazendo uma série de questionamentos. Ainda que a gente deseje sair na rua, encontrar os amigos e a família, esse é um momento chave para olhar nossos estigmas e preconceitos de perto, investir no autocuidado e conhecimento, acolher o próprio corpo e dar espaço para a mente.

Se estamos mais sensíveis do que nunca, essa é a hora de fazermos uma faxina emocional e, sem estigmas, fazer novos planos. O que você pensa sobre produtividade? Como está sua alimentação e a saúde do seu corpo? Como cuidar da mente e entender momentos mais emotivos ou ansiosos? Montamos um roteiro especial para te ajudar a lidar com essas questões e se livrar do que não precisa mais.

Vamos nessa:

Produtividade

Uma coisa que pegou para muita gente na quarentena é a cobrança (ou autocobrança) pela produtividade. Essa necessidade de fazer cursos, estudar, trabalhar, ler, aprender, fazer, manter a casa brilhando, ou seja, dar conta de tudo e mais um pouco. Mas é muito importante acolher o cansaço, ouvir o corpo. Não dá para abraçar o mundo, e não precisamos ser violentos com nossa mente e corpo. Vale reconhecer as próprias limitações e dificuldades, além do cansaço que é supernatural.

Para se organizar melhor, alguns aplicativos ou truques simples podem ajudar na gestão da vida pessoal e profissional. Post-its coloridos colados num calendário de parede ou geladeira podem ajudar quem gosta de um método offline. Já os aplicativos estão cada vez mais práticos e intuitivos. Um exemplo é o Trello, que divide tarefas pessoais, profissionais e o que mais precisar em diferentes quadros. O próprio calendário do Google é uma ferramenta interessante, com lembretes sonoros ou via email, além de opções de diferentes cores e categorias.

Corpo e padrões de beleza

Ficar em casa faz com que a gente fique mais propensa ao sedentarismo já que os espaços pequenos muitas vezes não estimulam a prática de exercícios. A partir daí uns quilinhos a mais podem surgir ou a perda de massa magra e músculos podem gerar perda de peso. É um bom momento para deixar de lado padrões de beleza e tratar o corpo com carinho. Numa crise de saúde, o importante é estar saudável. Olhe para si e se dê o amor que você merece, afinal, autocuidado é melhor que qualquer padrão de beleza.

Alguns canais e aplicativos legais podem ajudar a manter o corpo alongado e ativo. O “Exercícios em Casa”, no YouTube, tem programas exercícios para esticar o corpo em diversos programas, com tempos e dificuldades diferentes – incluindo até exercícios para fazer junto com filhos pequenos. Já o Calm traz exercícios de meditação e histórias para dormir para adultos. Já dá para manter o corpo e a mente em paz.

Artes por @peganomeuconteudo

Alimentação e cozinha

Estar em casa também nos faz ter maior controle da nossa alimentação. Quem trabalhava e comia muito fora de casa, agora passa a cozinhar e aprender formas gostosas de se alimentar. É uma maneira de nos apropriarmos do controle da nossa saúde através dos alimentos. É um bom momento para avaliar o que faz bem para cada corpo, o que realmente faz falta e o que pode ser deixado de lado. Diminuir a terceirização da alimentação faz com que a gente olhe mais de perto também para o desperdício, para o consumo de carne, e perceba que a saúde está nas nossas mãos. Aquela história de “você é o que você come” nunca fez tanto sentido.

Um site bacanudo para aprender receitas e não deixar nada estragar em casa é o Panelinha, da Rita Lobo. A série “O que tem na geladeira” mostra formas criativas de usar diversos ingredientes que podem estar encostados ali. Solte a imaginação e crie pratos práticos e deliciosos.

TPM na quarentena

Os sentimentos à flor da pele estão em foco no período pré-menstruação. O que já era intenso em tempos de pandemia e isolamento social ficou mais ainda. Essa é também uma oportunidade de olhar para o próprio corpo, sentir e ouvir o que ele precisa a cada dia. É um momento de acolhimento total. Tudo bem ficar mais irritada, mais sensível e descansar mais. Quando a menstruação chega, vale tirar um momento para sentar confortavelmente e amenizar os efeitos da cólica ficando quentinha. Escalda pés, bolsa de água quente e um bom chá fazem carinho na alma nesse momento.

Para trabalhar melhor o autocuidado durante todo o mês, a dica acessar o site de Intimus e navegar pelas dicas reservadas a cada momento do ciclo menstrual. O conteúdo fala das fases de ovulação, pré, menstrual e pós com dicas de alimentação, exercícios e sexualidade, além de informações para identificar as reações do corpo ao longo do mês.

Autoconhecimento

O isolamento social pode ser angustiante para quem gosta muito de estar na rua, mas é um bom momento também para se conhecer melhor. Vale reavaliar planos, refletir sobre como queremos estar daqui um ano, por exemplo. Pensar o que (e quem) nos faz bem e o que podemos mudar em relação a isso. Reorganizar mesmo os pensamentos e se dar a oportunidade de olhar para si. Muito trabalho, viagens e eventos tiram nosso foco desta meditação rumo ao autoconhecimento. Esta é uma ótima oportunidade de olhar para dentro e arrumar a bagunça.

O Cíngulo é um app legal nesse sentido. Ali tem conteúdos, técnicas, áudios, vídeos e exercícios para fortalecer a autoestima. É possível fazer sessões guiadas com técnicas, áudios e vídeos, além de registrar e aprender com suas próprias emoções.

A campanha #ChegadeEstigma vem para impulsionar as discussões protagonizadas pelas mulheres, facilitando a informação e a troca entre elas. A Intimus apoia o movimento que pretende sensibilizar as pessoas sobre a estigmatização da mulher em relação à menstruação, além de mobilizar a sociedade para que questionem esses estigmas. Afinal, quando você questiona um estigma, você apoia que as pessoas cheguem aonde elas quiserem.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Afro-americanos se mobilizaram pra salvar última nação africana não colonizada de Mussolini, em 1935