Inspiração

A história por trás do recorde de passageiros num voo comercial, em 1991

por: Gabriela Glette

Também conhecido como Jumbo ou Rainha dos Céus, o Boeing 747 é um dos maiores aviões comerciais já produzidos e durante anos ostentou o recorde de passageiros, com capacidade para até 760 pessoas. No entanto, a história já nos mostrou que às vezes é preciso subverter as regras para um bem maior e foi exatamente isto o que aconteceu na Operação Salomão, quando 35 aeronaves Al Boeing 747 transportaram 14.325 judeus etíopes para Israel em apenas 36 horas.

recorde voo comercial israel 1

A operação militar secreta aconteceu entre os dias 24 e 25 de maio de 1991 e representa um dos maiores marcos na história da aviação. Além disto, ela estabeleceu um recorde mundial para a carga de passageiros de um voo único, quando um avião transportou 1.122 passageiros para Israel. Apenas 1.087 passageiros foram registrados, mas dezenas de crianças se esconderam nas roupas de suas mães.

recorde voo comercial israel 2

A viagem, porém, possui mais de um recorde. Esta foi a primeira vez na história que cinco bebês nasceram a bordo de um mesmo voo. Supervisionada pelo primeiro-ministro da época, Yitzhak Shamir, a operação recebeu o apoio da Associação Americana de Judeus Etíopes, responsável por emitir um relatório informando Israel e Estados Unidos sobre as terríveis condições em que os judeus etíopes estavam vivendo.

recorde voo comercial israel 3

Para conseguirem viajar, muitos judeus precisaram enfrentar centenas de quilômetros a pé ou a cavalo. Alguns tiveram sorte, outros tantos foram mortos pelo caminho. Engana-se quem pensa que as dificuldades acabaram assim que eles conseguiram adentrar nos aviões. Para acomodar o maior número de pessoas possível, as aeronaves foram despidas de seus assentos e eles precisaram fazer a viagem sentados no chão ou de pé.

recorde voo comercial israel 4

Muitos dos imigrantes viajaram com nada além de roupas e instrumentos de cozinha e foram recebidos por ambulâncias, cerca de 140 passageiros doentes precisaram receber atendimento médico na pista. Várias mulheres grávidas deram à luz no avião e elas e seus bebês foram levados às pressas para o hospital. Entre 1990 e 1999, mais de 39.000 judeus etíopes entraram em Israel.

Publicidade

Fotos: Vintage Everyday


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Afro-americanos se mobilizaram pra salvar última nação africana não colonizada de Mussolini, em 1935