Ciência

Coronavírus: SP tem sistema que mapeia casos e mortes de covid-19 por rua

Mari Dutra - 10/06/2020 | Atualizada em - 09/06/2020

O Laboratório Espaço Público e Direito à Cidade (LabCidade) mapeou os casos de coronavírus por ruas em São Paulo. A iniciativa usou dados disponibilizados pelo DataSUS, pelo Centro de Estudos da Metrópole e pelo IBGE para oferecer uma abordagem visual da situação da pandemia na região.

Com dados dos casos registrados até o dia 18 de maio, os mapas estão disponíveis online na plataforma CARTO. Além de casos de covid-19, foram mapeados também aqueles com síndrome respiratória aguda grave (SRAG), considerando que podem se tratar de pessoas infectadas com o vírus que não tiveram acesso a exames.

A inclusão é certeira. Declarações de óbito registradas nos cartórios do país indicam que o número de falecidos em decorrência de SRAG teve um aumento de 20 vezes em relação ao ano anterior, o que indica altos índices de subnotificação no Brasil.

LabCidade

O LabCidade é o laboratório da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), coordenado pela professora Raquel Rolnik. Em um artigo disponível no site do grupo, explica-se que uma das motivações para criar os mapas diz respeito à simplificação excessiva no tratamento dos dados sobre a epidemia a nível territorial, o que dificultaria a adoção de políticas públicas adequadas para seu enfrentamento.

Os mapas disponibilizados pelo LabCidade “possibilitam análises mais precisas da difusão espacial da pandemia do que os mapas oficiais, que utilizam a escala dos distritos ou das cidades. Isso foi possível a partir da identificação do CEP de residência das pessoas que foram hospitalizadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), entre elas a COVID-19.”, detalha o texto.

Para acessá-los, clica aqui.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Mari Dutra
Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
EUA aprovam 1º tratamento contra Alzheimer em 18 anos