Fotografia

Fotografias de furacões no século 19 são no mínimo aterrorizantes

por: Gabriela Glette

Se hoje as centrais metereológicas possuem diversos instrumentos de alta tecnologia para medir os fenômenos naturais, noi século 19 quem fazia este papel era a fotografia. À medida que a câmera fotográfica foi sendo democratizada, muitas pessoas passaram a utilizá-la para investigar tornados e furacões, por exemplo. Dois séculos depois, estas fotografias em preto e branco de tornados ao redor do mundo, são no mínimo aterrorizantes.

furacões séc 19 1

Kansas, 1884. Foto: Kansas Historical Society

Foi graças à estas imagens que a comunidade científica pôde ter acesso à muitas informações valiosas sobre a estrutura tornadica e o fluxo de ar destes fenômenos, mais comuns na América do Norte do que no Brasil. Na época em que foram tiradas, estas fotos foram incluídas em periódicos, livros didáticos e artigos da imprensa popular.

furacões séc 19 2

Dakota do Sul, 1884. Foto: National Geographic

Não precisava ser profissional para ter uma fotografia de tornado publicada no jornal. Conforme as máquinas fotográficas foram tornando-se mais acessíveis, o que não faltava eram aventureiros que caçavam furacões.

furacões séc 19 3

Dakota do Norte, 1895. Foto: Library of Congress

Com ventos fortes, chuva e granizo acompanhando, os tornados sempre deixam um caminho de destruição, o que fica evidente nestas imagens.

Oklahoma, 1896. Foto: Southern Methodist University

 

Oklahoma , 1896. Foto: University of Tulsa

 

Oklahoma, 1898. Foto: Library of Congress

 

Oklahoma, 1890. Foto: Library of Congress

 

Connecticut, 1878. Foto: New York Public Library

Publicidade

Fotos: créditos nas fotos


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fotógrafo explora a fragilidade masculina em série íntima para combater estereótipos de gênero