Diversidade

NASA dá nome de primeira engenheira negra da agência à sede em Washington

por: Redação Hypeness

Após inúmeras manifestações pelo fim da violência policial em todo o mundo, diversas marcas e instituições se posicionaram por meio de práticas antirracistas como forma de demonstrar apoio a diferentes causas do movimento negro. Na última quarta-feira (24), foi a vez da NASA, que comunicou a escolha de Mary W. Jackson (1921 – 2005), primeira engenheira negra da agência americana, como nome da sede da organização em Washington, nos Estados Unidos.

– Como o mercado tecnológico tem trabalhado a fim de empoderar mulheres, negros, pessoas com deficiência e LGBT+

Mary W. Jackson durante trabalho na NASA, em 1980

Segundo o site da revista americana “Fast Company“, Mary foi apenas uma das engenheiras e matemáticas afro-americanas da NASA por trás dos vôos espaciais tripulados da década de 1960, cujo trabalho foi encoberto e nunca devidamente divulgado ao público.

– Jornada das mulheres negras de ‘Estrelas Além do Tempo’ vai virar série de TV

Mary iniciou a carreira na agência espacial americana no Langley Research Center, no estado da Virgínia, onde trabalhou em uma unidade de “computadores humanos”, em que realizava manualmente os cálculos necessários para o lançamento de objetos no espaço.

Os esforços da matemática e engenheira aeroespacial levaram o primeiro homem à órbita em 1962 e contribuíram para a vitória dos Estados Unidos na corrida espacial. A trajetória de Mary também inspirou o livro e filme “Estrelas Além do Tempo“, lançado em 2016 e indicado ao Oscar de melhor filme em 2017.

“O país está começando a despertar para uma maior necessidade de homenagear toda a diversidade de pessoas que ajudaram nos pioneirismos de nossa grande nação”, disse o administrador da NASA, Jim Bridenstine, em comunicado. “Sem esconder mais, continuaremos reconhecendo as contribuições de mulheres, afro-americanos e pessoas de todas as origens que tornaram possível a história bem-sucedida de exploração da NASA”.

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Pequeno Manual Antirracista’, de Djamila Ribeiro, é o livro mais vendido do país