Futuro

NBA anuncia que não vai mais punir consumo de maconha

por: Vitor Paiva

O reposicionamento da maconha em todo o mundo, especialmente a partir de seus benefícios médicos e usos terapêuticos, chegou à principal liga de basquete profissional do mundo: a NBA anunciou no último dia 10 de junho a retirada da cannabis de sua lista de substâncias proibidas, apontadas em exames antidoping realizados com os atletas. A medida passará a valer com a volta dos jogos de basquete nos EUA, paralisados por conta do enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, estimada para acontecer em julho próximo. A decisão acompanha a direção adotada pela WADA, Agência Mundial Antidopagem.

Estilização do logo da NBA com a folha da cannabis © divulgação

Assim, a NBA se junta à MLB, liga de beisebol dos EUA, e à NFL, liga de futebol americano, que já haviam retirado a maconha de suas listas de substâncias proibidas aos atletas. Para as três ligas, o uso da maconha passa a não ser punitivo, e a ser tratado de forma similar ao uso de álcool, como questão social. No caso da MLB, atletas que deem positivo para o uso da maconha atualmente são encaminhados para o conselho de tratamento dos clubes.

© Pixabay

A retirada da maconha da lista proibida não significa, porém, um menor rigor por parte da NBA sobre o controle de possíveis dopagens entre os atletas. Testes de urina continuarão a acontecer, na busca por uso de esteroides, medicamentos que melhorem o desempenho dos atletas de forma desleal, assim como substâncias como cocaína, heroína, metanfetamina e MDMA. Além disso, na volta dos jogos os atletas e funcionários dos clubes serão testados diariamente para detectar o novo coronavírus. Todos os jogos acontecerão no ESPN Wide World of Sports Complex, no Walt Disney Resort, na cidade de Orlando, no estado da Flórida.

© Wikimedia Commons

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Drone delivery da Amazon está a apenas um passo de ser lançado