Inovação

Novo anticoncepcional em gel e sem hormônios quer atender demanda por contraceptivo natural

por: Yuri Ferreira

O Food and Drug Administration (FDA) dos EUA, uma espécie de Anvisa ianque, autorizou a venda de um gel anticoncepcional sem hormônios que pode inovar o mercado de métodos de contracepção.  A novidade atende a demanda por métodos de segurança mais naturais e menos arriscados para não engravidar. O Phexxis, nome do gel, irá controlar o pH da vagina para evitar que os espermatozoides sobrevivam até a fecundação.

– Pílula anticoncepcional: os grandes perigos escondidos nesses pequenos comprimidos

Pílula anticoncepcional é conhecida por seus efeitos colaterais perversos no corpo da mulher

O produto, que será vendido a partir de 250 dólares, vem como uma inovação profunda nesse ramo da medicina. Milhões de mulheres ao redor do mundo sofrem com os efeitos dos anticoncepcionais hormonais, que tem diversas contraindicações e efeitos colaterais que afetam diretamente a saúde de quem as consome.

As pílulas têm sintomas colaterais bastante complicados no corpo das mulheres. “Efeitos colaterais como náusea, perda de libido e de massa magra, acúmulo de gordura, ansiedade, depressão e trombose são alguns dos sintomas do desequilíbrio hormonal”, disse Mariana Halla, especialista em ginecologia, à Vogue.

– Pesquisa mostra de que maneiras a pílula anticoncepcional pode comprometer a saúde mental

O anticoncepcional de pH se mostrou relativamente efetivo, mas, assim como as pílulas, não é 100% seguro. O gel também tem seus efeitos colaterais, segundo o laboratório desenvolvedor Evofem Bioscience, que observou ardência, inflamação, coceira, corrimento e infecção como alguns dos problemas causados pelo produto. A efetividade do gel também é questionável: uma a cada sete mulheres podem engravidar com o uso do novo contraceptivo.

– Pesquisadores garantem que criaram anticoncepcional seguro para homens

“O pH da vagina é naturalmente ácido, de 3.5 a 4.5, e a ideia é não deixar que esses valores subam depois da ejaculação. Para permitir que os espermatozoides passem pelo canal e alcancem o óvulo, a ejaculação eleva o pH da vagina para 7, 8. Assim, ao garantir que o pH do órgão continue ácido, o gel inviabiliza os espermatozoides”, completou Halla.

Um ponto do Phexxi, nome dado ao gel, é que ele não precisa de uso contínuo. Aplicado com apenas 1 hora antes da relação sexual, ele já é capaz de alterar o pH e reduzir as chances de contracepção. Entretanto, o preço é salgado: R$120 por cada aplicação. Enquanto isso, seguimos aguardando pelo anticoncepcional masculino.

Publicidade

Fotos: © Getty


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
WSA: maior premiação de inovação digital procura por trabalhos com impacto social