Debate

São Paulo anuncia volta às aulas presenciais em 8 de setembro; entenda rodízio proposto

por: Redação Hypeness

A retomada das aulas presenciais no estado de São Paulo deve começar no dia 8 de setembro. A medida da administração Doria vale para toda a rede de ensino do estado, escolas públicas, privadas e também no ensino superior. A decisão prevê uma série de critérios e etapas a serem cumpridos, além de recomendar a alternância entre aulas presenciais e remotas no decorrer da retomada. A expectativa é que não haja extensão no calendário letivo para as atividades escolares na rede estadual. 

A data estipulada pelo governo é, no entanto, apenas o começo de um projeto que tem três fases planejadas. As instituições de ensino terão que cumprir uma série de medidas de higienização e distanciamento e a efetivação do planejamento depende de que certos critérios impostos pelo governo sejam cumpridos. 

Crianças em creche na favela de Paraisópolis, em 2015.

A expectativa é que até o dia 8 de setembro, o plano de flexibilização da quarentena no estado já esteja na fase amarela por pelo menos quatro semanas. Isso precisará ser confirmado pelo governo no dia 4 de setembro e as instituições de ensino precisam apresentar projetos de retomada em cada uma de suas unidades. 

O uso de máscaras dentro das escolas e universidades passa a ser obrigatório para todos os que estiverem nos ambientes, sejam alunos, funcionários ou responsáveis. A medida também se estende aos motoristas e acompanhantes do transporte escolar. É de responsabilidade da instituição prover equipamento de proteção individual ao seu quadro de funcionários.

Os banheiros das instituições devem ser lavados a cada três horas e todos os dias antes do começo das aulas e depois do fim do dia. Os bebedouros estão proibidos e cabe a escola fornecer água de forma individualizada. A instituição também deve separar uma área para isolar alunos e funcionários que porventura apresentem sintomas da covid-19 até que eles consigam ir para suas casas. Profissionais e estudantes do grupo de risco devem permanecer em casa, realizando as atividades de maneira remota. 

Como será o retorno dos alunos?

Nem todos os alunos voltarão às salas de aula ao mesmo tempo Haverá um esquema de rodízio organizado pelas administrações de cada instituição. Em um primeiro momento, apenas 35% dos estudantes de cada turma poderá voltar à escola. Na segunda fase, o percentual dobra e até 70% dos alunos poderão estar fisicamente nos espaços acadêmicos. Somente na terceira fase é que há a previsão de 100% do corpo discente estar presencialmente nas escolas e universidades. 

O respeito ao distanciamento é outra medida exigida. Todos os alunos, professores e funcionários devem separados por ao menos 1,5m. A exceção fica apenas a cargo da educação infantil por conta da impossibilidade de deixar crianças pequenas afastadas de seus professores ou cuidadores. Os horários de entrada e saída podem sofrer alterações para evitar aglomerações e eventos extraclasse dentro do ambiente escolar estão proibidos.

Intervalos e recreios também devem ser feitos de forma alternada. A atividade esportiva pode ser restringida de acordo com o esporte mas a educação física está permitida se respeitar o distanciamento. 

Medidas valem também para o ensino superior.

Condições para o início de cada fase escolar

Como falamos, a primeira fase só poderá acontecer caso todas as regiões do estado de São Paulo estejam na fase amarela do plano de flexibilização por ao menos 28 dias consecutivos. . 

Na segunda fase, 60% das regiões devem estar na fase verde do plano por ao menos duas semanas. Na terceira e última fase, o percentual de regiões na fase verde sobe para 80% também por ao menos duas semanas. 

Recomendações aos responsáveis

A decisão recomenda que os responsáveis pelos alunos se certifiquem de que eles estejam com a temperatura corporal abaixo de 37,5°C. Caso o estado febril se confirme, o aluno deve ficar em casa. As escolas também receberam a mesma orientação. 

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Por que mulheres de Michael Jordan não aparecem em série documental