Ciência

Seu pet pode pegar covid-19. Mas isso não quer dizer animais transmitem a doença

por: Yuri Ferreira

Na segunda-feira, o Hypeness publicou a reportagem ‘Caso de cachorro com coronavírus é confirmado pelo Departamento de Agricultura dos EUA’Muitos leitores ficaram preocupados com o possibilidade da chamada da reportagem levar ao abandono de animais. Por isso, resolvemos reiterar que não, você não precisa (e nem pode) abandonar seu cachorro ou seu gatinho por causa do novo coronavírus.

– Verdades e mentiras sobre os animais e o coronavírus

Cães podem ser infectados pelo coronavírus, mas raramente desenvolvem sintomas. Nenhum caso grave ou morte foi detectada até então

De fato, já está comprovado que gatos pegam a doença e o Departamento de Agricultura dos EUA confirmou que cães também podem ser infectados. Entretanto, nenhum estudo indica que os animais foram vetores da doença. Sim, sabe-se que o novo coronavírus veio de uma origem.

“Estatisticamente, são casos isolados e, epidemiologicamente, esses animais não representam fonte de infecção significativa, com potencial de disseminação da doença”, assinala o médico-veterinário Fernando Zacchi, assessor técnico da presidência do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV).

– Animais de abrigos estão sendo adotados aos montes durante quarentena

Os estudos com gatos começaram em Wuhan, na China. Depois, foi confirmado que um tigre do Zoológico de Nova York também teria sido infectado com o vírus. Posteriormente, um cachorro também teria pego a doença. Os especialistas, porém, se preocupam com esses testes pois eles podem levar à desinformação.

“A validade dos testes de Sars-CoV-2 em animais de estimação torna-se, no mínimo, controversa, já que saber que o animal possui o vírus, pelo menos no estágio de conhecimento que possuímos agora, não significa que essa possa ser uma informação útil”, afirma Cristiano Nicomedes, presidente da Associação Brasileira de Clínicos de Felinos, em comunicado do CFMV.

– Animais não param de reocupar cidades pelo mundo durante quarentena

O CDC (Centre for Disease Control ou Centro de Controle de Doenças) dos EUA confirmou que não existem evidências de que os pets tenham algum papel da transmissão do coronavírus pra pessoas.

“Não existe nenhuma evidência que animais tem algum papel na transmissão de coronavírus. Com base nas informações disponíveis até agora, o risco dos animais pegarem Covid-19 também é baixo”. A instituição estadunidense também reitera que os animais dificilmente desenvolvem sintomas da doença e, caso desenvolvam, raramente ficam em estado grave. Nenhum animal morreu de coronavírus.

Zacchi reitera a importância de não entrar em pânico.

Devido ao excesso de informações, não completamente validadas pela ciência, pode ocorrer uma outra grande catástrofe, que seria o abandono injustificado de animais domésticos pela população em pânico. Agora, o que deve prevalecer é a racionalidade

Por isso, não abandone seu pet durante a quarentena. Não se preocupe. Não existe nenhuma evidência de que cães e gatos infectados pela covid-19 possam passar a doença para seres humanos. Na verdade, é de outros seres humanos que você deve ter medo, não dos seus animais.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Professor prepara receitas de quase quatro mil anos descobertas em escavações e mostra resultado