Ciência

Wanderson Oliveira, ex-Ministério da Saúde, diz que Sudeste terá pico de coronavírus em 1 mês

por: Redação Hypeness

Após atuar como braço-direito do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandela, o epidemiologista Wanderson Oliveira desembarcou da Secretaria de Vigilância em Saúde no começo desta semana e falou sobre o cenário de pandemia do novo coronavírus no Brasil. Ele afirma que São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul terão pico de diagnósticos da covid-19 em quatro semanas. 

O especialista, que atuou no Ministério da Saúde por 15 anos, se manifestou através de um canal criado para atualizar boletins epidemiológicos aos jornalistas. 

– OMS coloca América do Sul como epicentro do coronavírus e Trump veta voos do Brasil

A estimativa segue a lógica dos outros vírus respiratórios sazonais no Brasil. A covid-19 está na semana epidemiológica 22 e, de acordo com Oliveira, o pico “sempre vem na semana 27”. O que ele chama de período clássico é a baixa nas temperaturas nas cinco capitais.

– Fiocruz diz que coronavírus chegou ao Brasil antes do Carnaval; Rio teve 1ª morte

O especialista também comentou que as mortes consequentes desse novo período de pico só serão “percebidas” três semanas depois, ou seja, no mês de julho. 

Servidor público federal do Hospital das Forças Armadas, Oliveira segue descansando durante esta semana para voltar às atividades em breve.

– Brasil importa testes de coronavírus de ‘terceira divisão’ e com alto índice de falha, diz site

Já no Ministério da Saúde, não há ainda uma decisão sobre quem o substituirá definitivamente. O secretário interino é Eduardo Macário.

Publicidade

Foto: Fotos Públicas


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Espírito Santo registra tremor de terra com estrondos e epicentro em Vitória