Inspiração

‘A gente acabou, sem querer, inspirando muitas pessoas’, diz Atchim, da dupla Atchim e Espirro

por: Redação Hypeness

O Inspira e Respira dessa semana é pura nostalgia. Fizemos uma viagem ao passado e conversamos com um dos ícones dos anos 1980 e 1990, Eduardo Reis, o palhaço Atchim, da dupla Atchim e Espirro, que fez sucesso na TV, marcou gerações e até hoje está presente na cultura e na memória brasileiras. No programa, falamos sobre o entretenimento infantil daquela época, suas saudades, carreira e histórias engraçadíssimas. Você confere o 11º episódio do nosso podcast, que já está disponível no Spotify, clicando aqui.

As saudades

Eduardo falou sobre suas maiores saudades. Não era a fama, a TV… Era o contato com o público: “O que eu sinto mais saudades são dos shows, principalmente em cidades menores. As mãe e a criança se preparavam para aquele grande evento. E a melhor parte, era depois do show. Eu adorava aquele contato”.

Virou meme

A dupla de palhaços voltou a ser assunto nesse ano. Notícias fakes divulgadas nas redes sociais informava o cancelamento do shows de Atchim e Espirro por conta do novo coronavírus. Eles levaram numa boa: “Acabamos virando meme. Do nada eu acordei e tinham milhares de mensagens perguntando se tinham cancelado meus show.. Eu falava: ‘amigo, tão cancelados desde 2014’. Mas era meu sonho era virar meme”

Os sucessores

Eduardo contou que a dupla inspirou muita gente, inclusive a atual dupla de palhaços, Patati e Patata, que fazem grade sucesso com a criançada de hoje em dia. “Eles se inspiraram no Atchim e Espirro, com um pouco do Bozo. O Rinaldi, dono da marca, é meu amigo. Fazia parte dos nossos programa. Mas nós inspiramos outras pessoas também: humoristas, músicos… A gente acabou, sem querer, inspirando muitas pessoas a irem para esses lados artísticos”.

Separação

Houve um momento da carreira que a dupla se separou. Mas depois voltaram. Até hoje, se falam todo dia. “Éramos como um casal… Ficamos muito tempo juntos e a às vezes a gente brigava, como toda dupla. Acho que falou alguém administrar a gente, um empresário.”

Respiro da semana 

No último bloco do programa, os participantes contaram como deixaram sua semana mais leve e aproveitaram para fazer indicações.

Juliana

Ju Estradioto está aproveitando a quarentena para maratonar Harry Potter. E deixou uma dica: assistir coisas novas é bom, mas alguns filmes que nos trazem boas lembranças também nos fazem muito bem. 

Rarine

Rari, que é mãe, recomendou um filme para ver com a criançada (embora ela tenha gostado mais do que o filho Gael): o filme Abominável conta a história de uma adolescente que, certo dia, descobre que um yeti está no telhado do prédio em que ela mora. A partir disso, ela e seus colegas passam a chamar a criatura mística de “Everest” e, ao criarem laços com o animal, decidem levá-lo até sua família, que está no topo do planeta.

Rafael Rosa

Rafu, que é pai da Joana, também procura conteúdo para ajudar na educação da filhota. A dica é o Paizinho vírgula. Canal que oferece textos e vídeos sobre criação com apego, disciplina positiva e parentalidade consciente.

Oliver

Rafael Oliver recomendou uma série do Netflix: Noite Adentro acompanha um grupo de pessoas que são sequestradas a bordo de um voo exaustivo e duradouro para Bruxelas. Eles seguem para o oeste na tentativa de sobreviver a um evento solar catastrófico que mata todos os organismos vivos durante o dia.

 

 

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Ninguém é ‘normal’; animação estimula auto aceitação entre crianças