Ciência

Cometa que rendeu imagens incríveis tem chances de ser visto no céu de estados do Brasil

por: Yuri Ferreira


O cometa C/2020 F3 NEOWISE, que rendeu fotos incríveis no hemisfério Norte, vai passar pelo Brasil. A partir desta terça-feira (21), o astro e sua cauda serão visíveis nas regiões Norte e Nordeste.

No 24, alguns estados do Centro-Sul do país deverão ver (de binóculos) a passagem do cometa, para que no domingo (26), o fenômeno possa ser avistado de todo o território nacional.

Esse registro do cometa NEOWISE foi feito em Odessa, na Ucrânia, durante a madrugada

O astro foi descoberto em março de 2020 pelo telescópio Near-Earth Object Wide-field Infrared Survey Explorer (NEOWISE).

“Esse cometa leva cerca de 6800 anos para fazer uma volta em sua longa órbita, portanto, ele não será visto no sistema solar novamente por milhares de anos”, explicou a NASA em comunicado oficial publicado em seu site.

Na Europa, visibilidade do cometa foi alta; imagem registrada na Suíça impacta

– Cometa verde com cauda de 17 milhões de quilômetros poderá ser visto a olho nu

“O cometa C/2020 F3 NEOWISE deve ser visível no Brasil durante o fim do mês de julho; mais precisamente, ele deve ficar visível no Norte e Nordeste do país a partir do dia 21, e em todo o país a partir do dia 26”, explicou o astrofísico Andre Zamorano Vitorelli ao Canal Tech.

Essa foto foi tirada pelo astronauta Igor Vagner, que está na Estação Espacial Internacional pela Roscosmos, a Agência Espacial Russa

“No Hemisfério Norte foi um show, muito bonito, mas nada garante que será assim no Hemisfério Sul, porque à medida que os dias vão passando o cometa vai se afastando do Sol e ficando mais fraco”, explica o astrofísico Roberto Dell’Aglio Dias da Costa, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, à Agência Estado.

– Vídeo mostra meteoro caindo em cidade do interior; velocidade impressiona

“Creio que em cidades montanhosas de São Paulo, como Serra Negra e Águas de Lindóia, e no sul de Minas Gerais, há boas chances de vê-lo, até a olho nu. Em grandes centros, com prédios obstruindo a visão e muitas luzes, será difícil”, acrescenta Julio Lobo, do Observatório de Campinas, ao UOL.

Se você quiser uma referência de como encontrá-lo, ele está nessa direção tomando São Paulo como ponto de referência. O N, em vermelho, é o Norte.

O Stellarium é um programa que pode te ajudar a encontrar fenômenos astronômicos com base na sua posição na Terra

Olha só essa imagem incrível que o fotógrafo astronômico Maroun Habib registrou do cometa C/2020 F3 Neowise em Deir el Qamar, no Monte Líbano:


Publicidade

Fotos: Foto 1: Andrey Nikolenko/Wikimedia Commons Foto 2: PeterRYV/ Wikimedia Commons Foto 3: Roskosmos (Agência Espacial Russa) Foto 4: Reprodução/Stellarium


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Sistema Solar se formou em tempo equivalente a ‘gravidez de 12 horas’; entenda