Diversidade

LGBTs acolhidos pela Casa Nem são certificados após a produção de 10 mil máscaras

por: Redação Hypeness

A Casa Nem, em Copacabana, homenageia cerca de 50 formandos LGBTs que participaram do projeto “Máscaras do Bem”. Entre os dias 14 de maio e 6 de julho, cada um deles produziu 200 máscaras de proteção individual contra o coronavírus de forma artesanal e receberam R$ 800 de bolsa auxílio. 

Modelo trans revela sua intimidade e transição em ensaio sensual e íntimo

Os alunos do curso de ‘Máscaras do Bem’, da Casa Nem.

Para o projeto com as máscaras, os alunos e as alunas que não sabiam usar máscara de costura, foram ensinados passo a passo. Todas as peças resultantes das oficinas foram doadas para projetos sociais. As aulas de costura foram ministradas pelo estilista Almir França, que é um dos mentores do projeto, ao lado de Andrea Brazil.

Filho de Mauricio de Sousa e marido vão criar conteúdo LGBT para ‘Turma da Mônica’

A instituição Casa Nem é conhecida por acolher transexuais, travestis, gays e lésbicas em situação de rua ou vulnerabilidade. Além das máscaras feitas pelos alunos LGBT, outras 5,2 mil foram produzidas por 27 mulheres cis da região da Vila Mimosa, na Zona Norte do Rio. 

Mulheres trans se mobilizam para alimentar pessoas em situação de rua

Publicidade

Foto: Casa Nem/Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Estudante insatisfeito com apagamento racial cria guia de doenças associadas com pele negra