Sustentabilidade

Lixo da pandemia: praias de SP são invadidas por máscaras

por: Redação Hypeness

O uso contínuo de máscaras de proteção individual ajuda no combate ao coronavírus, mas pode prejudicar em outras áreas, como o meio ambiente. Os utensílios têm sido descartados de forma irregular e começam a aparecer nas faixas de areia da praia. O fato foi relatado pelo Instituto Argonauta para Conservação Costeira e Marinha que identificou o problema em praias de Ubatuba, Ilhabela e outros municípios do litoral paulista.

Descarte de máscaras por coronavírus desperta preocupação com meio ambiente

A organização, que atua na conservação da costa, fez o alerta por meio de seu “Boletim do Lixo”, emitido mensalmente em parceria com o Aquário de Ubatuba. Eles identificaram o descarte irregular nas areias até mesmo de máscaras estilizadas e com desenhos decorativas.

Máscaras de proteção são descartadas em prais do litoral paulista.

As máscaras têm componentes orgânicos e sintéticos, e o descarte incorreto tanto pode representar um risco a saúde humana, porque uma máscara de alguém contaminado ainda pode conter por algum período o vírus, quanto elas representam um risco a fauna marinha, como todo resíduo sólido humano de uma forma geral”, explica o oceanógrafo Hugo Gallo Neto, diretor executivo do Aquário de Ubatuba e do Instituto Argonauta.

Ainda segundo Neto, muitas máscaras tem tecidos sintéticos e tiras de elástico que podem prejudicar a fauna e a flora marinha por persistirem muitos anos na natureza. 

Máscara ‘inteligente’ que se esteriliza sozinha é aposta criativa contra coronavírus

Utensílio pessoal descartado de forma irregular pode prejudicar o meio ambiente.

Troca é recomendada a cada duas horas

De maneira geral, especialistas recomendam a troca das peças de duas a quatro horas após o início do uso. Após esse período, elas devem ser substituídas e higienizadas, no caso de serem reutilizáveis. 

Ainda no começo do ano, o fundador do OceansAsia, grupo de conservação marinha na Ásia, fez um vídeo mostrando dezenas de máscaras coletadas em uma praia de Hong Kong

Eu costumava ver máscaras às vezes, mas, dessa vez, elas estão por todo o lugar. Por conta da covid-19, a população passou a usar máscaras como forma de precaução. Quando você tem uma população de sete milhões de pessoas usando uma ou duas máscaras por dia, o aumento de lixo gerado vai ser substancial”, explicou. 

Máscara abandonada, em meio ao lixo, em praia de Hong Kong.

Publicidade

Foto 1 e 2: Instituto Argonauta para Conservação Costeira e Marinha / Foto 3: OceansAsia


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Austrália: quase três bilhões de animais foram mortos ou deslocados por incêndios