Debate

‘Mãe, o [padrasto] mexe comigo’: ela se escondeu e flagrou tentativa de estupro contra a filha

por: Redação Hypeness

A denúncia de uma criança de 11 anos colaborou para a prisão, em flagrante, do homem de 36 anos que abusava sexualmente dela. A menina, de Praia Grande, litoral de São Paulo, escreveu um bilhete para a mãe falando sobre o agressor: seu próprio padastro.  “Mãe, o [padrasto] mexe comigo”, relatou a menina como forma de avisar a mulher.

– Sarí Corte se torna ré no caso da morte do garoto Miguel e pode pegar 12 anos de prisão

A mãe relatou que começou a suspeitar do comportamento da menina há alguns meses. Segundo ela, a filha pedia constantemente para ir trabalhar com ela, como forma de tentar evitar ficar em casa com o padrasto. Essa mudança e o bilhete foram essenciais para que a mãe conseguisse perceber o que estava acontecendo.

Após ler o que a filha escreveu na noite da última terça-feira (14), decidiu se esconder dentro da própria residência para ver o que acontecia. O flagrante e, em seguida, a prisão, ocorreram na quarta-feira (15) no bairro Jardim Trevo. O homem ainda tentou negar o crime.

– Mulher que manteve idosa em situação análoga à escravidão sabia o que estava fazendo

De acordo com o relato da mãe da criança à polícia, na manhã desta quarta-feira (15), ela disse ao marido que iria trabalhar, mas se escondeu em casa. Ela relatou que permaneceu escondida, e posteriormente o padrasto colocou a enteada, utilizando a força, dentro de um quarto.

Depois disso, a mãe da criança saiu do local em que estava escondida e o flagrou de cueca ao lado da menina, no que parecia ser uma tentativa de estupro. Ela chamou os policiais, que foram até a residência, e o prenderam em flagrante.

– Mulher negra que teve pescoço pisado por PM mostra que lógica racista da polícia só acaba com refundação

De acordo com informações da Polícia Civil, a menina passou pelo Instituto Médico Legal (IML), onde foi constatado que ela tem lesões de abusos que aconteceram anteriormente. O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Praia Grande como estupro de vulnerável, e representado pela prisão preventiva do suspeito. O caso será investigado pela polícia.

Publicidade

Foto: Arquivo Pessoal


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Oscar Magrini diz que Globo tinha ‘sala do pó’ e do ‘c*’ ao falar de ‘teste do sofá’