Debate

Mãe recusa glamourização do autismo e causa polêmica: ‘Nunca desejaria a ninguém’

por: Redação Hypeness

Ser mãe solo é uma dificuldade por si só. Para a australiana Sarah Mills o caminho é ainda mais longo: ela é mãe de três filhos, dois com o diagnóstico fechado de autismo e um ainda sendo investigado. Em sua página sobre maternidade no Facebook, ela desabafou sobre o dia a dia e sobre as pressões que sente por ser “obrigada” a abraçar a doença.

Eu amo meus filhos mais do que qualquer coisa neste mundo. Mas eu odeio… o autismo. Eu o odeio com cada centímetro do meu ser. Eu sei que pais de crianças autistas deveriam amá-las, abraçá-las e celebrá-las, mas hoje eu estou esgotada, machucada e traumatizada. E eu estou cansada de me sentir absolutamente sozinha porque, se você não está fazendo tudo isso hábitos especiais e malditos arco-íris, então você é uma mãe de merda”, desabafou. 

Série de fotos mostra como é viver com um filho autista

I have posted some pretty controversial posts on this page but I have to admit this topic is the one that has actually…

Posted by Sarah Mills – Amongst the Stars on Friday, June 21, 2019

xxxSarah disse que sabe que a jornada poderia ser mais complexa do que já é se seus filhos estivessem em um outro espectro do diagnóstico. “Eu não quero, nem por um segundo, dizer que eu sofro mais do que qualquer outra pessoa. Mas eu não desejaria essa jornada para ninguém.”

Estou fico tão brava com esse rótulo, com essa palavra simples que, instantaneamente, significa que eu deveria estar gritando de orgulho. Este rótulo sugere que não há problema em eu ser destruída. De ser alvo de gritos e arranhões. De ser abusada e desejada de morte. Odiada.

Por que esse mundo se tornou tão politicamente correto que esse tipo de diagnóstico só pode atingir à pessoa que a tem?

A falta de rede de apoio para mães de filhos autistas também foi um ponto levantado por Sarah em sua série de posts. “Se alguém tivesse um parceiro que abusasse de você verbal, física e emocionalmente, alguém iria aparecer para ajudar. Onde está esse apoio para mães de filhos autistas?”, questionou.  

Menina revela pela primeira vez como é estar por trás dos olhos de um autista

Os filhos da australiana Sarah Mills assistem televisão em casa: o desafio de ser mãe solo com crianças autistas.

Dizem que nós temos que ser como soldados. Dizem que as crianças precisam de nós. Dizem que nós temos que cooperar e seguir com a vida. Simples assim.”, escreveu em um texto anterior. 

No fim do texto, ela faz questão de mostrar toda solidariedade a mães e pais na mesma situação. “Vocês não estão sozinhos. Vocês estão fazendo mais do que a maioria das pessoas e vocês estão fazendo o melhor que podem naqueles que, às vezes, parecem os piores e mais sombrios momentos da sua vida”, escreve. “Assinado, uma mãe com filhos autistas que mal consegue continuar, que acha um completo insulto que as lutas brutais do meu filho e minhas lutas brutais para lhe dar a melhor vida possam ser reduzidas a uma pequena e fofa peça de quebra-cabeça que só precisa se encaixar. Assinado, uma mãe que acha que essa peça do quebra-cabeça pode ir se foder.”

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Racismo religioso faz mãe perder guarda da filha após participar de sessão de Candomblé