Arte

Os Gêmeos e Rosset estilizam máscaras para a distribuição gratuita em comunidades indígenas

por: Redação Hypeness

Conhecidos por colorir muros no Brasil e no mundo, OsGêmeos escolheram outro tipo de tela para sua arte durante a pandemia do novo coronavírus. Com apoio da Pinacoteca de São Paulo e produção da Rosset, eles estamparam 100 mil máscaras protetoras, que foram distribuídas em comunidades indígenas na região norte do país.  

Em meio aos debates da população sobre a eficácia das medidas de proteção contra o coronavírus, os artistas compartilharam fotos das máscaras sendo usadas e pediram o mesmo de seu público, que pode participar usando a hashtag #UseMáscaras

– Yanomami, que podem ter 40% de infectados pelo coronavírus, sofrem ataque ambiental impressionante

O projeto recebeu o apoio da Fundação Almerinda Malaquias; da Comunidade Sobrado; da Associação das Mulheres Sateré Mawé; do Centro de Medicina Indígena BAHSERIKOWI; do Mirante do Gavião e do restaurante Caxiri.

Os Gêmeos e Rosset estilizam máscaras para a distribuição gratuita em comunidades indígenas

– Quem é Raoni, cacique que dedica a vida à preservação das florestas e direitos indígenas no Brasil

Durante a pandemia, os povos indígenas têm sido um dos grupos mais prejudicados, mesmo estando distante das grandes cidades ou com menos acesso aos produtos de proteção. Em Roraima, por exemplo, os yanomami disputam território com gairmpeiros ilegais, que também acabam levam o vírus para as comunidades. 

View this post on Instagram

MÁSCARAS PARA PROTEÇÃO UNIDOS CONTRA COVID 19 / 2020. Projeto criado por #osgemeos, máscaras produzidas por: @rossettextil projeto 100% social. Apoio: @pinacotecasp Primeira etapa do projeto entregue. Parceiros: FAM @fundacaoalmerindamalaquias Comunidade Sobrado, Associação das Mulheres Sateré Mawé @amism_sateremawe , Centro de Medicina Indígena BAHSERIKOWI @centrodemedicinaindigena , Mirante do Gavião @mirantedogaviao @caxiri_amazonia e Ruy Tone. Seguimos o projeto na região Norte do Brasil em parceria com várias frentes, entre elas a EDS (Expedicionários da Saúde) e União Amazônia Viva DISTRIBUIÇÃO GRATUITA, projeto de ação social de apoio a pessoas em situação de vulnerabilidade. Mais de 100 mil máscaras !! #usemascara A ação está sendo realizada com os devidos cuidados ao combate da COVID-19. ?? VENDA PROIBIDA DAS MÁSCARAS Todos os direitos reservados. ??????? Masks for protection agains Covid-19, ??NOT FOR SALE. This is a social project for people in vulnerable situations?? #indigenas #amazonia #comunidades #covid19 #2020

A post shared by osgemeos (@osgemeos) on

– Governo tem que tirar garimpeiros de terras yanomami em 15 dias para começar a enfrentar covid-19 em áreas indígenas

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou que o Governo Federal deveria retirá-los de lá como medida para conter o avanço do novo coronavírus nos territórios indígenas. 

A decisão liminar do Judiciário obriga a gestão federal a fazer a retirada dos invasores em 15 dias, mas a Advocacia Geral da União (AGU) pode tentar abrir recurso.

Publicidade

Fotos: Reprodução / Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Por trás das mortes de mães em filmes da Disney existe uma história real e trágica