Inovação

Professor e ex-catador cria computador de R$ 22 para ajudar crianças na pandemia

por: Vitor Paiva

A primeira impressão pode até sugerir que atualmente todas as pessoas do planeta estejam atualmente conectadas à internet, a realidade é bastante diversa de tal impressão – e pesquisa recente mostra que cerca de 25% da população brasileira não tem acesso à rede. A principal explicação é evidentemente econômica, e boa parte dos brasileiros não tem condições financeiras de possuir um computador. É nesse ponto que atua a brilhante iniciativa do ex-catador de latinhas e professor Ciswal Santos, de 31 anos, que desenvolveu um computador em miniatura a custo de apenas R$ 22.

Do tamanho de uma caixa de fósforos e batizado de Hytec One, o computador em miniatura foi desenvolvido a partir de pequenos componentes eletrônicos e um sistema operacional básico, para ser conectado em qualquer tela, inclusive aparelhos celulares. A ideia nasceu do complexo contexto da pandemia, quando o professor Ciswal reparou que diversos estudantes apresentavam dificuldades para assistir às aulas remotamente, por não terem acesso à internet – a falta de acesso à rede por muitos alunos deixou o problema evidente para o professor. o projeto é feito a partir de duas partipações e um cartão de memória simples transformado em HD – através de uma tela, é possível acessar um sistema de Windows 98, e acessar programas diversos.

Ciswal foi selecionado em 2018 pela Universidade de Harvard, nos EUA, a partir de outro projeto, de energia sustentável, captação de água e acesso à internet em baixo custo. Agora, depois de apresentar o Hytec One, já recebeu uma proposta de um grupo de empresários de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para produzir e popularizar o aparelho principalmente no continente africano. A prioridade da iniciativa, porém, é o próprio Brasil – em especial na região do nordeste. “Minha intenção era que se popularizasse primeiro no Brasil. Eu defendo a necessidade do povo. Queria muito que algum governo, seja municipal, estadual ou federal, pudesse popularizar. Dar acessibilidade aos jovens, condições de estudo”, disse Ciswal.

Publicidade

© fotos: arquivo pessoal


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nasa lança perfume com ‘aroma do espaço’ para viajar sem sair do lugar