Debate

Transmissão de coronavírus em bares: vídeo manda a real choca negacionistas

por: Yuri Ferreira

Nessa segunda-feira, os bares e restaurantes estarão autorizados a reabrir para o público em São Paulo. Nesse fim de semana, já observamos cenas bizarras de aglomeração no Leblon, no Rio de Janeiro. Com o número de casos aumentando de maneira grotesca – são mais de 1,6 milhão de infectados no Brasil e mais de 65 mil mortes -, as grandes capitais retomam as atividades como se nada estivesse acontecendo. O problema é que a reabertura de bares e restaurantes é uma das maiores armadilhas para fazer com que o número de casos aumente de maneira exponencial.

– RJ tem ‘choppecídio’ com bares lotados e deboche. Cidade age como se coronavírus não existisse

Poucas máscaras e zero distanciamento comprovam que reabertura de bares e restaurantes é precipitada

Um vídeo da NHK mostra como o vírus pode se espalhar em um restaurante. Com um pouquinho de tinta fluorescente na mão de uma pessoa, as imagens são capazes de exibir como as mãos podem acabar espalhando o novo coronavírus:

Em Tóquio, no Japão, entre março e junho, dezenas de casos relacionados a bares, restaurantes e karaokês foram encontrados. A governadora da capital japonesa, Yuriko Koike, afirmou em entrevista coletiva que “Na maioria dos casos cuja rota da infecção ainda é desconhecida, se suspeita que o foco de dispersão do vírus tenha sido em bares e restaurantes. Eu reitero aos jovens: evitem os karaokeês, baladas e bares, assim como os restaurantes”.

O Texas, nos EUA, foi um dos estados do país que mais viu o espalhamento do novo coronavírus após o ensaio de reabertura. O chefe do governo estadual, Greg Abott, republicano, afirmou que o maior erro esteve na questão dos bares. “Se eu pudesse voltar no tempo e mudar qualquer coisa, provavelmente eu teria atrasado a reabertura de bares. Vendo como o coronavírus se espalha nesse tipo de ambiente, é impossível não perceber as consequências“, afirmou, em entrevista para a KVIA, emissora de El Paso.

E por que os bares são tão preocupantes? Primeiramente: espaços fechados tem menos circulação de ar e portanto, o coronavírus pode se espalhar no ar com mais facilidade, atingindo todos os presentes no ambiente, que, em geral, estará lotado. Em segundo lugar, em bares e restaurantes não é possível o uso de máscaras, o que aumenta o espalhamento do vírus no ar.

Uma reportagem da Globo mostrou a dificuldade de fazer uma fiscalização adequada desse projeto de reabertura com ‘protocolo’. Os bares e restaurantes dificilmente respeitam as regras de distanciamento e os próprios clientes não estão muito a fim de entrar nessa. A combinação desses fatores pode levar a uma explosão ainda maior de casos na sua cidade. Por isso, pedimos: não vá aos bares, mesmo com a reabertura.

Publicidade

Fotos: Destaques: © Getty Images Foto 1: Reprodução/Twitter


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Adele e suas transformações elevam a máxima do ‘meu corpo, minhas regras’