Debate

Xingamentos e misoginia em vídeo vazado de reunião de universidade federal do RJ

por: Redação Hypeness

Uma reunião virtual dos conselhos da Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) terminou em confusão nesta quarta-feira (29). 

O objetivo do encontro, que foi transmitido ao vivo, era definir o plano de atividades durante a pandemia do novo coronavírus. Mas o nível da conversa começou a baixar quando o professor Leonardo Villela de Castro começou a xingar a pró-reitora Loreine Hermida, pois a mesma havia pedido para que o próximo encontro dos educadores fosse marcado em uma data diferente. 

– Principal universidade de pesquisa dos EUA elege 1ª mulher negra presidente de corpo estudantil

“Por uma questão individual não, para isso a senhora tem suplente, p…., deixa de ser filha da p…”, disse o professor. Os demais participantes da reunião do Conselho Universitário (Consuni), presentes na reunião, demonstraram surpresa e indignação com o comportamento de Castro.

– Coronavírus: Universidades desenvolvem teste 100% nacional e que dá resultado em 5 minutos

A pró-reitora explicava que se recuperava de uma cirurgia e que não tinha condições de estar presente nas reuniões que discutiriam o plano de atividades do EaD (Educação a Distância), adotado devido à crise de covid-19.

Após a repercussão nas redes sociais, onde muitos consideraram o ato misógino, o professor Leonardo Villela de Castro publicou no Facebook um pedido de desculpas e afirmou que “o ato foi fruto da tensão gerada pelas mais de 4 horas de reunião”.

– Universidade da Bahia possui dispositivo capaz de rastrear DNA do coronavírus em 3 horas

“A forma agressiva como me referi à professora Loreine Hermida da Silva e Silva, na sessão conjunta dos conselhos superiores da Unirio, hoje, foi indigna e inclassificável. Todo ser humano merece, necessita e tem direito a consideração e respeito. Faltei com esses princípios básicos da civilidade que nos devem conduzir sempre, em todos os momentos de nossas vidas”, escreveu o docente.

Segundo o jornal O Globo, o professor Castro foi escolhido com 72% dos votos para ser o reitor da Unirio, em abril de 2019, por meio de uma consulta pública feita pela universidade. Embora tenha sido preferido, o professor não assumiu o cargo, porque perdeu a votação do colégio eleitoral da instituição.

Publicidade

Foto: Reprodução / Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Qual é o problema de Elon Musk falar que as pirâmides do Egito foram construídas por ETs?