Fotografia

Astronauta e fotógrafo documentam a vida na estação espacial em novo livro

por: Vitor Paiva

Voando ao redor do planeta a uma velocidade de mais de 27 mil km/h, em uma altitude de cerca de 400 km na óbita terrestre, a Estação Espacial Internacional é um dos mais ambiciosos, complexos e grandiosos feitos da engenharia humana. Construída em 1998 como um laboratório internacional modular em um ambiente de microgravidade, a ISS é mantida permanentemente tripulada a partir do ano 2000, e desde então somente 239 astronautas, cosmonautas e turistas espaciais de 19 diferentes nações visitaram a estação. Infelizmente, portanto, a mais espetacular vista que se pode imaginar – o próprio planeta Terra, em constante exibição na janela mais próxima ao longo das mais de 15 órbitas que a ISS completa diariamente  – é para poucos. Foi para oferecer literalmente ao resto da humanidade ao menos o vislumbre do que é ver a Terra de fora (e a Estação Espacial de dentro) que o astronauta italiano Paolo Nespoli se juntou ao fotógrafo estadunidense Roland Miller para realizarem um juntos um livro de fotos da ISS.

Intitulado Interior Space: A Visual Exploration of the International Space Station (Espaço Interior: uma exploração visual da Estação Espacial Internacional, em tradução livre) o livro registra não só a vista como as própria tecnologias ligadas atualmente às viagens espaciais e à vida, o trabalho e à manutenção da Estação. E como tudo que envolve a presença humana no espaço, a colaboração entre Nespoli e Miller exigiu um engenhoso e elaborado esquema de trabalho, para que o fotógrafo, da Terra, pudesse “dirigir” o trabalho do astronauta para os melhores cliques na ISS. Como trabalhar simultaneamente era praticamente impossível, Miller se valeu de prints do Google Street View – que oferece visão de dentro e de fora da Estação – para orientar o astronauta enquanto fotógrafo.

Para amenizar o constante tremor que a estrutura como um todo oferece enquanto viaja em intensa velocidade ao redor do planeta, Nespoli construiu um estabilizador que permitiu que as fotos fossem tiradas perfeitamente, em alta velocidade do obturador seguindo o roteiro enviado pelo fotógrafo – que recebeu as fotos em firme solo terrestre, e as editou para a feitura do livro. Com 200 páginas coloridas, Interior Space inclui, além das espetaculares imagens, uma série de textos de especialistas – sua arrecadação de fundos através da pré-venda no site de financiamento Kickstarter superou a meta inicial em mais do que o dobro.

A previsão de lançamento do livro é para o dia 2 de novembro de 2020, quando a presença ininterrupta de seres humanos na estação completará 20 anos.

Publicidade

© fotos: Paolo Nespoli/Roland Miller/NASA


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
As mil facetas dos EUA na década de 70 registradas nas incríveis fotos PB de Jim Hair