Debate

Bruna Marquezine critica machismo, elogia Rihanna e diz que tem ‘relação de paz com o corpo’

por: Yuri Ferreira

A atriz e modelo Bruna Marquezine contou ao jornal O Globo sobre dilemas enfrentados pela condição de ‘celebridade’, das inspirações como artista e quais são suas ideias sobre a sociedade.

De atriz mirim à supermodelo, a trajetória da global é permeada por interessantes reflexões que tem se intensificado ao longo dos últimos anos, com posicionamentos políticos claros e recados importantes sobre debates relevantes no nosso país – que impactam sua audiência de quase 40 milhões de seguidores no Instagram.

– Bruna Marquezine responde ofensa de Danilo Gentili sobre seu corpo

Bruna Marquezine refletiu sobre fama, corpo e machismo

Marquezine, naturalmente, corresponde ao padrão de beleza – é uma mulher branca e magra -, mas a atriz utiliza a relação com o corpo e a maneira como a mídia enxerga o corpo feminino para questionar as imposições sociais de beleza que tem, em si, uma raiz machista:

“Vivemos em uma sociedade que impõe muitos padrões extremamente machistas. Existe um padrão de beleza que é imposto a mulher e quem não segue é altamente criticado. Busco ter uma relação de paz e amor com o meu corpo. Acredito no equilíbrio em geral. O principal objetivo é cuidar da saúde e depois da aparência em si. Não acho que deixa de ser importante; todas nós devemos olhar no espelho e se sentir bem. Enxergo nossa beleza como um estado de espírito. As pessoas mais atraentes que conheci, não faziam parte desse padrão imposto pela sociedade, mas tinham amor próprio. O que muda tudo”, afirmou Bruna a O Globo.

– Após post de Maisa, Bruna Marquezine retorna ao Instagram com textão feminista

Marquezine – que recentemente celebrou seu aniversário de 25 anos – tem passado a quarentena com momentos de instabilidade. Com as passarelas e os estúdios fechados, ela diz que o período tem sido um momento para reflexão. Ao longo do período, a celebridade participou de diversas campanhas beneficentes de redução de impactos da covid-19 no Brasil.

São tempos de muita introspecção e reflexão não só para nós, mas para as celebridades também. Dessa forma, Bruna refletiu um pouco sobre seu ego e sobre as pessoas que leva como referência para gerir a carreira.

– Bruna Marquezine tira fotos com crianças refugiadas de projeto social que apoia

“Nunca tive nenhuma grande ambição relacionada a popularidade. As coisas foram acontecendo de forma bem natural, orgânica. O que mais precioso, na verdade, é meu equilíbrio, minha saúde mental. Então, me policio para não ser sugada pelo ego”, afirmou, citando Ashley Graham, Jennifer Lawrence, Gisele Bündchen, Zendaya e Rihanna como referências para seu crescimento.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.


X
Próxima notícia Hypeness:
Torcedores sem máscara cobram jogadores por balada em meio à pandemia e mostram que ninguém tem razão