Ciência

Câmera mostra explosão de meteoro no céu do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas; veja vídeo

por: Yuri Ferreira

Na noite da última segunda-feira (3), 13 câmeras em estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais registraram a explosão de um meteoro no céu. Incorporadas no BRAMON (Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros), as câmeras que filmam o céu captaram um bólido explosivo que deu um show no Sudeste do Brasil.

Conforme explicaram os especialistas da rede de observação de meteoros, tratou-se de um bólido com o provável tamanho de um grão de arroz que entrou na atmosfera em alta velocidade, causando combustão e consequente luz visível.

– O chão tremeu e moradores de cidade do sertão se assustam com barulho e clarão no céu

Segundo Marcelo Zurita, diretor técnico da rede de observação, o bólido percorreu cerca de 81 quilômetros em 6 segundos, ou seja, ele estava em velocidade aproximada de 48600 km/h (rápido, né?).

“Ele foi registrado às 19h31, quando entrou na atmosfera a 14,1 Km/s (50.760 Km/h). Surgiu a 89 km acima de Camacho (em MG) e desapareceu a 29,5 km acima de Cristais (no mesmo estado)”, afirmou ao UOL.

A BRAMON possui centena de câmeras espalhadas ao redor do Brasil para registrar fenômenos astronômicos em vídeo. A partir da triangulação dos eventos, é possível traçar trajetos e velocidades com certa precisão. Muita gente que compõe a rede estava com câmeras ligadas para registrar o cometa Neowise, recém descoberto e que pode ser visto desde o fim de julho no céu do Brasil.

Walter Mesquita Vaz, que fez o registro acima, era um desses entusiastas.

– Ufólogos analisam fotos e vídeos com luzes desconhecidas no céu do Rio Grande do Sul

“Estava no quintal, com minha máquina fotográfica, tentando registrar o cometa Neowise. E de repente, bem na minha frente, veio aquele clarão que iluminou tudo, cortou o céu. No final, uma bola avermelhada se desintegrando”, lembra Walter Mesquita Vaz ao UOL. “Por pura sorte, até consegui fotografar um pedaço dele”, completou.

SPACE TODAY

Quer assistir? 

Através do site climaaovivo.com.br, você pode acompanhar mais de 150 câmeras que compõem o BRAMON, além de ter a chance de observar o clima de mais de 110 cidades em 18 estados brasileiros (e se ficar de olho durante a noite, quem sabe não consegue ver um bólido explosivo dando um show na abóbada celeste?)

Dá uma olhada no vídeo feito pelo Clima Ao Vivo junto com a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros:

Publicidade

Fotos: Reprodução/BRAMON/Walter Mesquita Vaz


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde