Ciência

Cientistas atuam para decifrar asteroide que apresenta risco de atingir a Terra

por: Vitor Paiva

Há séculos e mais séculos que o temor de um asteroide se chocar com nosso planeta oferece contornos apocalípticos para o imaginário humano – e de quando em quando cientistas se põem a estudar trajetórias e aproximações de objetos espaciais que ameaçam o caminho da Terra. Foi isso que a equipe do Sistema de Alerta Impacto Terrestre por Asteróides (Atlas, em inglês) recentemente identificou: um novo asteroide capaz de impactar o planeta. E se há ainda grande dificuldade em determinar maiores informações sobre o objeto e sua trajetória, cientistas no observatório de Arecibo, em Porto Rico, levantaram novos dados sobre o asteroide.

Registro do objeto celeste © Observatório de Arecibo

Com 488 metros de diâmetro e um eixo mais longo com quase 1 quilômetro – equivalendo seu cumprimento a cinco campos de futebol – o asteroide foi batizado de 2020 NK1, e por seu tamanho faz dele um dos Objetos Potenciamente Perigosos (PHO, em inglês) mais importantes para o rastreamento da NASA e outras agências espaciais. Cálculos sugerem que a aproximação com a Terra se dará entre os anos 2086 e 2101, e a chance do asteroide colidir com o planeta é de uma em 70 mil.

Representação de um asteróide © NASA

A observação mais apurada do 2020 NK1 aconteceu entre os dias 30 e 31 de julho ao longo de duas horas e meia, quando as medições puderam ser feitas, e mesmo fotografias puderam ser registradas. A boa notícia é que as análises determinaram que a aproximação do asteroide muito provavelmente não chegará perto da Terra o suficiente para se tornar uma real ameaça: estima-se que o ponto mais próximo será ainda a 3,6 milhões de quilômetros, cerca de 9 vezes a distância entre o planeta e a lua.

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico © Wikimedia Commons

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Coronavírus: pandemia aumenta incidência de problemas de pele