Design

Comic Sans: fonte incorporada pelo Instagram facilita leitura de pessoas com dislexia

por: Redação Hypeness

O Instagram acrescentou novas fontes para seus usuários escreverem na função stories. Entre elas, a escolha da Comic Sans causou certa indignação. O conjunto de letras costuma ser muito criticado como “a fonte mais feia do mundo” e isso não foi ignorado na rede social. O que pouca gente sabe é que, apesar de tanto ódio, a Comic Sans facilita a leitura de pessoas que sofrem de dislexia. Por essa você não esperava, certo?

Artista disléxico transforma rabisco em arte com desenhos fantásticos

Entre os fatores que colaboram para isso está o formato da Comic Sans. As letras são grossas e bem preenchidas, além de possuírem um espaçamento bom para a distinção de cada caracter.

Segundo a Associação Brasileira de Dislexia, a dislexia é considerada um transtorno de aprendizagem de origem neurobiológica. Ela se caracteriza pela dificuldade no reconhecimento das palavras, assim como de sua compreensão, e costuma acometer crianças em idades pré-escolar e escolar. 

Tente ler isso e você vai entender como se sente uma pessoa com dislexia

A especialista Maria Inez De Luca contou à revista “Glamour” que, além da Comic Sans, as fontes Arial e OpenDyslexic também são boas opções para auxiliar a leitura de disléxicos. O tamanho ideal das letras seria de 12 ou 14. 

Fica combinado então: dá próxima vez que for reclamar da Comic Sans, lembre-se que, para muitas pessoas, ela pode ser uma forma de facilitar a leitura. Inclusão é tudo, não é?

McDonald’s cria outdoor ‘com dislexia’ para levantar questão importante

Publicidade

Foto: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pantone lança ‘vermelho menstruação’ para desconstruir estigmas em torno do assunto