Sustentabilidade

Coronavírus: lixo gerado por EPIs em hospitais é transformado em tijolos

por: Redação Hypeness

Patrocinado por:
Notice: Undefined index: facebook_titulo in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/single.php on line 90

Desde o começo da pandemia, as máscaras descartáveis se tornaram uma preocupação por conta da produção de lixo. Agora, o indiano Binish Desai, um empreendedor social de 27 anos conhecido como “O Reciclador da Índia”, encontrou uma solução bastante eficaz para reutilizar os equipamentos de proteção individuais: transformá-los em tijolos. 

Arquitetos dos Emirados Árabes apostam em cimento feito à base de sal para construções mais sustentáveis

O tijolo de EPI pensado pelo empreendedor social Binish Desai.

Há cerca de quatro anos, Desai começou a desenvolver materiais de construção utilizando resíduos produzidos em fábricas de papel associados a extratos de plantas e outro elementos. Com a pandemia, ele percebeu que poderia utilizar também as máscaras de TNT e luvas como matérias-primas. Os tijolos são feitos 52% de EPIs misturados a resíduos de papel e aglutinantes.  

Descarte de máscaras por coronavírus desperta preocupação com meio ambiente

View this post on Instagram

As Our warriors are fighting a war against virus; we have taken up the initiative to start our fight againt waste and as the used PPE kits and masks are being dumped into oceans and landfills, we are happy to announce that we are successfully able to recycle all PPE face masks and some type of body suits. We will be starting the collection process soon using the Zero waste box as per the CPCB guidelines and ensuring sanitization prior to utilization. We have been able to create an updated 2.0 version of our brick where in we are using used facemasks along with our previous brick recipe making it even more lightweight and stronger than our existing bricks. (First pic courtesy : oceanasia.org) (second pic source: France24) #ppewaste #recycle #ecofriendly #covid19 #pollution

A post shared by Dr.Binish Desai ??‍? (@binishdesai) on

Fomos capazes de criar uma versão 2.0 atualizada de nosso tijolo, em que usamos máscaras usadas junto com nossa receita de tijolo anterior, tornando-o ainda mais leve e forte do que nossos tijolos existentes”, escreveu o jovem em sua conta no Instagram. Desai já foi citado pela “Forbes” em sua lista de personalidades mais importantes com menos de 30 anos da Ásia. 

De acordo com o empreendedor, o material é resistente a infiltrações, pragas e bastante resistente ao fogo. Além de levarem pouco tempo para ficarem prontos: cerca de três dias. Desai está à procura de investidores para que o tijolo seja produzido em larga escala. Isso inclui encontrar apoio para realizar a captação do material descartado em hospitais, tarefa complexa ainda mais quando se fala de um vírus tão contagioso. 

Máscaras descartadas de coronavírus poluem praias e trilhas de Hong Kong

Binish Desai já foi considerado pela revista Forbes como uma das pessoas mais influentes na Ásia com menos de 30 anos.

Publicidade

Fotos: Binish Desai / Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Japão pode jogar água contaminada de Fukushima no mar a partir de 2022