Debate

Homem que sexualizou e filmou praticante de yoga sugere lei para ‘enfiar a porrada’ em mulher

por: Yuri Ferreira

O empresário Ricardo Roriz, que ganhou a atenção da mídia após ter sexualizado e filmado uma praticante de yoga sem sua autorização, pode sofrer mais uma punição criminal. Já sendo investigado pelo crime de importunação sexual, Roriz agora vai sofrer processo após ter defendido em vídeo que maridos ‘enfiem a porrada’ em suas mulheres. Além disso, ele é investigado por outro caso de assédio sexual.

Roriz defendeu que maridos batessem em suas mulheres. Nesse ano, já havia postado vídeo sexualizando advogada que praticava ioga em público

Em uma publicação de 2018 no seu Instagram, o investigado afirmou: “Você está casado e está vivendo com uma mulher há mais de três meses, você tem direito de enfiar a porrada se ela te encher o saco”. Ele terá de responder por incitação ao crime de violência contra a mulher após ter zombado da Lei Maria da Penha, uma das maiores conquistas para a vida das mulheres nesse país.

Confira o vídeo publicado por Roriz no Instagram:

Roriz ganhou as páginas de jornais após ter filmado sem consentimento e ter feito gestos obscenos para uma mulher que praticava ioga na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. A vítima abriu processo criminal contra Ricardo.

– Mulher filmada e sexualizada ao praticar yoga diz que entrou em choque e vomitou: ‘Muito violentada’

Ele se defende afirmando que seus vídeos tinham um toque de humor. Segundo a delegada responsável pelo caso, Valéria Aragão, Roriz “afirmou que se sente arrependido do que fez e há seis anos ele começou a fazer vídeos e postá-los com toque de humorismo”, afirmou a autoridade.

– Polícia prende homem com câmera no tênis para filmar partes íntimas de mulheres no metrô

“Mas, em momento algum, quis ofender ou expor as pessoas. Ele está excluindo todos aqueles que ele considera ofensivos numa atitude de autocrítica. Ele sempre afirma que, na data de uma postagem ofensiva, ele havia ingerido bebida alcoólica”, completou a delegada. Como se bebida fosse algum tipo de desculpa. A defesa de Roriz ainda não se pronunciou.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Luísa Sonza é processada por racismo por advogada negra e fala em ‘acusação falsa’