Arte

‘Lendo Mulheres Negras’ abre vaquinha para alimentar 5 bibliotecas com 40 livros de grandes autoras negras

por: Vitor Paiva

Visando ajudar a circular o pensamento de mulheres negras em comunidades de todo o Brasil, o projeto Lendo Mulheres Negras nas Comunidades lançou uma campanha de  financiamento coletivo para promover tal circulação e representatividade de forma direta: colocando obras de grandes autoras negras em bibliotecas comunitárias. Assim, a ideia é equipar 5 bibliotecas com 40 livros sobre mulheres negras para oferecer tal pensamento de forma livre, acessível e democráticas – e, além de ajudar a campanha, o financiamento oferece uma série de recompensas para quem investir.

© Divulgação

Desde.um PDF sobre feminismo negro elaborado por Winnie Bueno, passando por um curso composto por quatro aulas sobre o tema até uma mentoria especializada, as recompensas são um importante complemento ao ponto essencial: auxiliar na compra e distribuição dos livros.

Acima, a autora Djamila Ribeiro; abaixo, a escritora Conceição Evaristo © Wikimedia Commons

Na página da campanha os custos do financiamento – que busca alcançar a meta de R$ 55 mil – estão devidamente detalhados, entre o custo dos livros, das mentorias, da curadoria, do curso, da feitura do PDF e as taxas da plataforma Catarse.

A autora Angela Davis © Wikimedia Commons

Faltando ainda pouco mais de 20 dias para o fim da campanha, o financiamento do projeto Lendo Mulheres Negras nas Comunidades já arrecadou cerca de R$ 22 mil – e segue, a fim de levar tal literatura a bibliotecas comunitárias em Porto Alegre, Belém, Salvador e mais. Dentre as obras selecionadas para a distribuição, estão livros de nomes como Angela Davis, Bell Hooks, Carolina de Jesus, Conceição Evaristo, Djamila Ribeiro, Maya Angelou, Winnie Bueno, Ana Maria Gonçalves, entre outras. Para saber mais sobre o projeto, conhecer a lista completa de livros, bibliotecas e principalmente participar do financiamento, acesse a página aqui.

© Facebook

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Sumiço de estátua em formato de pênis intriga polícia na Alemanha