Inovação

Carro voador é testado com sucesso no Japão

por: Vitor Paiva

Sete anos após o início do desenvolvimento e passados dois anos de seu lançamento oficial, o projeto do primeiro carro voador japonês enfim tornou-se a mais eficaz, funcional e concreta realidade: estamos falando do SD-03, decolado com sucesso pela SkyDrive no último dia 25 de agosto, no primeiro voo público do modelo. Em poucos dias o vídeo registrando a demonstração pública do carro voador superou a marca de 750 mil visualizações e uma nova rodada de investimento levou mais de 36 milhões de dólares para a empresa – ilustrando o potencial comercial da novidade. Em suma, no Japão o futuro chegou, e incrivelmente se parece com nossas mais imaginativas fantasias do passado.

O voo público inaugural do SD-03 aconteceu no campo de testes da Toyota, onde a SkyDrive desenvolve seus produtos, e aconteceu ainda em baixa altura e velocidade, mas com segurança e eficácia que entusiasmou os engenheiros da empresa. O veículo, movido por oito motores elétricos com hélices em sistema propulsor semelhante ao de um drone, voou tripulado por 4 minutos a uma altura de cerca de 3 metros em área reservada.

Silencioso e estável, o teste foi um sucesso, e abre as portas para o futuro da empresa – que espera que novos voos possam ser realizados para além dos limites do campo de testes até o final do anos.

Com 4 metros de comprimento e 2 metros de altura, o SD-03 é o menor modelo de carro voador já fabricado e testado no mundo – dimensão que ocupa, segundo a empresa, duas vagas comuns de automóveis. Um novo modelo, em versão comercial com dois lugares, já foi anunciado pela SkyDrive para 2023, assim como avanços em questões determinantes como a autonomia das baterias para voos mais longos e aprimoramentos no design dos veículos.

Segundo comunicação oficial, o modelo atual do SD-03 é capaz de percorrer percursos rápidos, de até meia hora de duração, mas a ideia é que tal autonomia e a segurança da duração das baterias seja ainda mais aprimorada antes do lançamento de modelos comerciais de fato. A promessa é de que o veículo venha a alcançar até cerca de 500 metros de altitude, com capacidade de carregar até 500 kg em uma velocidade de até 60 km/h.

A ideia da SkyDrive é que o SD comercial chegue aos mercados em 2023, mas não há ainda qualquer informação sobre o valor do veículo nem mesmo sobre as possíveis alterações na legislação de cada país para permitir seu uso doméstico.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Filtro sustentável converte água do mar em potável em menos de 30 minutos