Sustentabilidade

Curso encoraja pessoas a deixar cidade e ensina transição para o campo

por: Redação Hypeness

Patrocinado por:
Notice: Undefined index: facebook_titulo in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/single.php on line 90

A ideia de deixar a cidade grande e ir para o campo pode parecer utópica para quem está acostumado a viver em grandes centro urbanos. Para ajudar quem sonha em fazer esse movimento de vida é que existe o Curso Transição para o Campo, organizado e realizado pelo comunicador Victor vêxodMal e o urbanista Jérôme Sensier, da ONG Rizomar. Os dois ministram as aulas online divididas em quatro aulas de duas horas e meia de duração cada. 

Quem são e como fazem as pessoas que vivem sem dinheiro

Uma ecovila na Escócia: vida no campo tem se tornado opção para aqueles que não querem mais viver no fluxo das grandes cidades.

O curso começou online no dia 22 de setembro e vai até o dia 30, mas não precisa se preocupar: todas as palestras ficarão gravadas por até um ano para quem quiser assisti-las depois. Ele tem o objetivo de tornar a transição menos brusca para quem se dispuser a fazê-la. Isso porque não basta sair da cidade e continuar levando a vida no mesmo ritmo só que no interior. A intenção é usar o curso para entender comportamentos tóxicos que adquirimos pelo padrão de guiar a vida com que estamos acostumados nos grandes centros. 

Família prova que é possível ter uma vida fantástica mesmo não seguindo as expectativas dos padrões sociais

O movimento de buscar uma vida mais próxima da natureza já era crescente mesmo antes da pandemia, que só o impulsionou. O curso pretende falar sobre ocupação de espaços, dar dicas de como escolher para onde ir e entender quais são os pilares que precisamos construir para termos uma boa rede de apoio no campo. Para que a impulsividade não aja soberana, é preciso planejamento e organização — financeira e mental — para fazer essa mudança.

Guia Alimentar: ‘Ultraprocessados são a ‘terra plana’ do Ministério da Agricultura’, diz especialista

Victor Mal é cineasta e comunicador que, desde 2017, trabalha à frente de projetos ecossociais que buscam alternativas para a vida cotidiana. Já o francês Jérôme Sensier, vive no Brasil há cinco anos e, neste período, tem viajado pelo país conhecendo iniciativas ecológicas de convivência em sociedade, como sítios de permacultura e ecovilas. O valor de inscrição do curso é de R$ 597. Além do acesso às aulas e à comunidade virtual do projeto, o aluno ainda tem direito a cinco e-books para acompanhamento do curso e uma aula-extra incluída. 

 

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Onça pintada que se tornou símbolo dos animais queimados no Pantanal é libertada