Futuro

Drone delivery da Amazon está a apenas um passo de ser lançado

por: Vitor Paiva

O futuro das entregas da Amazon virá literalmente dos céus, já que o sonho da gigante empresa de vendas de realizar seu delivery em tempo recorde através do uso de drones tornou-se ainda mais próximo, com a emissão de um certificado governamental que enfim permite à empresa utilizar sistemas de aeronaves não-tripuladas. Segundo divulgação, o processo inclui protocolos de segurança, operação em longa distância e treinamentos para os drones da Amazon, que agorá começará a testar o sistema e principalmente escalar em quantidades industriais o delivery com drones.

O serviço será parte da Amazon Prime Air, braço de entregas da companhia, e poderá ser utilizado para pacotes de até cerca de 2.2 quilos. “Esse certificado é um passo importante para a Prime Air e indica a confiança da Administração Federal de Aviação (FAA) na operação da Amazon seus procedimentos de segurança para uma entrega autônoma por drone que irá um dia entregar pacotes para nossos consumidores em todo o mundo”, disse David Carbon, vice-presidente da Prime Air.

A primeira entrega por drone da Amazon foi realizada em 2016, e da compra ao produto nas mãos do cliente foram somente 13 minutos. A empresa de Jeff Bezos, dono da Amazon e homem mais rico do mundo, lançou um vídeo mostrando um exemplo de como o serviço poderá se dar, estrelado por um veículo não-tripulado em imagens reais. Segundo a FAA, é fundamental a garantia de que tais sistemas serão operados com segurança.

“A FAA apoia inovações que beneficiem o público, especialmente durante uma crise sanitária ou meteorológica”, afirmou a agência, em declaração.

Publicidade

© fotos: Amazon/divulgação/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Esta escola na Espanha decidiu ensinar equidade de gênero (na prática) para meninos