Arte

Ela recriou quadros clássicos com o que tinha no guarda-roupa e os resultados são incríveis

por: Redação Hypeness

Quer ver o que acontece com uma pessoa que ama moda e arte fica em quarentena? A russa Liza Yukhnyova decidiu recriar seus quadros favoritos – e que já a inspiraram para se vestir de alguma maneira – usando roupas do seu guarda-roupa. 

– Tarot de artistas LGBTQIA+, negros e com deficiência recria artes de forma inclusiva

Ela tem postado os looks e as comparações em seu Instagram com a hashtag #gettychallenge e vem deixando seus seguidores de boca aberta com os resultados. “No começo eu havia pensado em fazer o desafio por trinta dias, mas eu não consigo parar”, contou Liza em um post publicado no Bored Panda. 

– Primeiro museu submerso do mundo que permite apreciar arte durante um mergulho é inaugurado

– Alunos em isolamento social recriam quadros clássicos na melhor lição de casa do mundo

Por meio da ‘brincadeira‘, a mulher passou por diferentes períodos de tempo e países, tudo sem sair de casa, apenas usando roupas, acessórios e maquiagem. Dá uma olhada no resultado.

1. ‘Ilustração para Dior’, de René Gruau (1950)

2.’Túnica Rosa’, de Tamara De Lempicka (1927)

3. ‘La Belle Ferronnière’, de Leonardo da Vinci (1490)

4.A Sacerdotisa de Delphi’, de John Collier (1891)

5. A princesa Sofia Alekseyevna’, de Ilya Repin (1879)

6. ‘Tete-A-Tete’, de Vladimir Makovsky (1909)

7. ‘Uma beleza italiana’, de Tito Conti (1880) 

8. ‘Retrato de uma garota’, de Remzi Taşkıran (1961)

9. ‘Retrato da condessa Yusupova em traje russo’, de Konstantin Makovsky (1900)

10. ‘Reúna suas flores enquanto pode’, de John William Waterhouse (1908)

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Cinelist homenageia Buñuel e o cinema surrealista como parte das comemorações pelos 125 anos do cinema