Tecnologia

Ele postou fotos da maconha que vendia e foi condenado a 5 anos após ter digitais identificadas

por: Redação Hypeness

Um homem de 23 anos, Jose Robert Porras, foi sentenciado a 5 anos e 10 meses de prisão por controle de substâncias proibidas (maconha) e porte ilegal de armas. O caso aconteceu em Sacramento, capital da Califórnia. O que mais impressiona na história aconteceu antes da decisão do judicial: a investigação da polícia utilizou fotos postadas pelo traficantes para identificar suas impressões digitais

De acordo com documentos (o arquivo pode ser acessado aqui) usado no julgamento, Porras distribuía maconha e alprazolam (Xanax) por meio de contas em mercados da chamada darknet, onde exibia os produtos em fotos tiradas da palma de suas mãos. 

– Artista desenvolve máscaras cirúrgicas compatíveis com reconhecimento facial

Foto do “produto” divulgada pelo traficante

– Reconhecimento facial vira ameaça para negros; maioria entre presos

A polícia estava monitorando o perfil do homem há meses, esperando uma brecha por parte do traficante. E aconteceu: em uma das fotos, seu dedo indicador ficou completamente exposto e, consequentemente, as impressões digitais dele. O caso é um exemplo de sucesso – e ao mesmo tempo um pouco amedrontador – do sistema de busca da polícia, que já não precisa mais da presença física de suspeitos para realizar a coleta de dados de digitais que alimentam seus bancos de dados. 

– Como o racismo algoritmo se vale da ausência de negros na tecnologia

Claro que quem não deve não teme, mas até onde vai o domínio das autoridades sobre os dados da população? Se depender da força tarefa do departamento de narcóticos da polícia da Califórnia, bem longe. De acordo com o departamento de polícia do estado, o apoio de advogados e da corte local para desenvolver ainda mais as ferramentas. 

Publicidade

Fotos: Divulgação/Suprema Corte da Califórnia


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Novo Pop Socket da Apple com sensor óptico transforma seu iPhone num mouse