Sustentabilidade

Joaquin Phoenix denuncia crueldade contra porcos e galinhas: ‘Animais vivem um inferno’

por: Redação Hypeness

Patrocinado por:
Notice: Undefined index: facebook_titulo in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/single.php on line 90

Joaquin Phoenix se juntou à ONG Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (Peta) para falar abertamente — mais uma vez — sobre veganismo e a crueldade com animais. Mesmo em casa, o ator, atual vencedor do Oscar de melhor ator por “Coringa”, gravou um vídeo para a campanha da organização que visa alertar sobre o tratamento que os bichos recebem em fazendas. 

Holanda quer se tornar primeiro país vegano do mundo até 2030

Joaquin Phoenix discursa após ser premiado como melhor ator na cerimôina do Oscar, em 2020.

Nós não somos uma sociedade que acredita ser certo abusar de animais. Nós intuitivamente recuamos desse tipo de pensamento porque o sofrimento de um ser inocente é demais para aguentar”, diz o ator. “Esses animais vivem em um verdadeiro inferno.”

O vídeo faz um alerta a partir de imagens gravadas de forma secreta que mostram o sofrimento de animais em espaços pequenos e sem cuidado antes de serem mortos. Phoenix alerta que isso acontece também em fazendas que afirmam criar os bichinhos de forma livre. É o tipo de propaganda “positiva” que, segundo ele, levaria as pessoas a acreditarem que estão fazendo algo melhor ao consumirem o alimento proveniente desses locais. 

Joaquin Phoenix vence prêmio e vai ajudar porcos ainda de smoking

Joaquin Phoenix e Jane Fonda em um protesto contra as mudanças climáticas. Os dois são ativistas da causa ambiental.

Há muito sofrimento no mundo sobre o qual nós não temos controle, mas fazer parte do sofrimento animal não é um deles. É fácil fugir da responsabilidade pessoal ao evitar a verdade. Mas eu espero que você se una a mim para rejeitar a crueldade animal e aproveitar os muitos benefícios de se tornar vegano”, completa. 

No começo do ano, ao levar o prêmio da Academia de Ciências e Artes Cinematográficas, o ator já havia falado sobre veganismo e sobre a defesa dos animais.

Fiquei um mês seguindo o veganismo. E o inesperado aconteceu…

Entramos no mundo natural, roubamos seus recursos. Nos sentimos no direito de inseminar artificialmente uma vaca e então roubar seu bebê quando ele nasce, mesmo que seus gritos de angústia sejam perceptíveis. E então bebemos o leite que é destinado ao bezerro e colocamos em nosso café e cereal”, argumentou. “Quando usamos amor e compaixão como nossos princípios, podemos criar, desenvolver e implementar sistemas de mudança que são benéficos para todos os seres e ao meio ambiente”, falou à época. 

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Plantando alimentos no quintal ela se tornou referência gastronômica no Piauí